Servidores do TJ voltam ao trabalho nesta quinta

0

Após uma longa assembléia realizada no auditório da OAB-SE na manhã desta quarta, 29, a categoria de servidores do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE), paralisada desde terça, 28, decidiu voltar ao batente amanhã. Dessa forma, os trabalhadores não sofrerão corte de ponte e o sindicato fica livre da multa diária de R$ 30 mil.

Clique e leia detalhes sobre a reunião com a OAB-SE

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça em Sergipe (Sindiserj-SE), Hélcio Albuquerque, a sinalização da presidência do TJ em atender aos anseios da categoria foi crucial para a decisão. “Cumprimos a paralisação de dois dias e no dia 10 de agosto faremos nova assembléia. Não vamos nos acomodar”, conta Albuquerque.

O Tribunal informou que deve se reunir com a diretoria do sindicato para discutir os índices de reajuste do salário e dos auxílios no dia 15 de agosto, prazo solicitado pela Secretaria da Fazenda para entregar planilhas com a receita do Estado, fundamental para avaliar a real possibilidade concessão de reajuste.

Toda a negociação em questão foi mediada pelo presidente da OAB-SE, Henri Clay Andrade. Caso não exista contraproposta, ou se a mesma não agradar a categoria, os servidores prometem deflagrar greve por tempo indeterminado a partir do dia 17 de agosto.

Por Glauco Vinícius

Comentários