Sindicalista tem freio do carro danificado

0
Flávia Brasileiro: "Não tenho inimigos pessoais" (Foto Arquivo: Portal Infonet)

A presidente do Sindicato dos Enfermeiros, Flávia Brasileiro passou por um grande susto neste final de semana. Ao sair de casa e ligar o carro, ela percebeu que o freio não estava funcionando, conseguiu parar em um posto de combustível próximo e o funcionário a orientou a trocar o fluido de freio, mas ao fazer o serviço, ele percebeu que o produto escorria, ao verificar com mais cuidado, uma surpresa: O lacre foi cortado, igual ao que aconteceu semana passada na novela Insensato Coração.

“Eu não assisto novelas, mas fiquei assustada. Levei o carro para a oficina e o mecânico constatou o que eu não queria acreditar, que houve violação. Ele explicou que realmente foi cortado e que isso não acontece naturalmente, pois mesmo em um carro muito usado, o lacre desgasta, mas não abre, não corta”, ressalta.

Flávia Brasileiro fez um boletim de ocorrência na Delegacia Plantonista. “Lá, eles me perguntaram se houve algum problema nos últimos dias, se eu tenho algum suspeito e eu respondi que não tenho nada pessoal com ninguém, mas expliquei que sou sindicalista e que venho sendo pressionada com cortes de salários, de gratificações, tenho atos públicos marcados para o interior. Me disseram que alguém pode mesmo ter assistido à novela tendo pego o primeiro carro que viu pela frente e eu quero acreditar nesta hipótese, até porque tenho filhos para criar”, enfatiza a presidente do Sindicato dos Enfermeiros de Sergipe.

Para lembrar, este procedimento de danificar o freio foi exibido semana passada na novela  Insensato Coração, da rede Globo, quando na trama, o marido pagou para que um homem cortasse o freio do carro da esposa, que ao dirigir tentou por diversas vezes frear e não conseguiu, capotando o veículo e morrendo no local.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais