SPU realiza desapropriação de área em Pirambu

0

Momento da colocação da placa da SPU no terreno (Fotos: Portal Infonet)

Técnicos da Superintendência de Patrimônio da União (SPU) em Sergipe cumpriram na manhã desta quinta-feira, 18, com apoio de agentes da Polícia Federal, decisão administrativa de março de 2013, para que uma área pertencente à União às margens da rodovia SE-100 no município de Pirambu, fosse desocupada. No local seria construído o Riverside Resort Residence pela empresa S&B.

Os lotes já estavam sendo vendidos e a retirada de placas que formavam outdoors anunciando a construção do condomínio, foi acompanhada por integrantes de Movimentos Populares (CMP), que comemoraram a decisão da Secretaria de Patrimônio da União.

“Nós estamos felizes demais porque já oficializamos o pedido de cessão da área, considerada terreno de marinha, junto à Superintendência de Patrimônio da União (SPU) para a construção de um conjunto de casas para duas mil famílias. E, para a nossa surpresa, uma empresa chegou, colocou outdoors divulgando a construção de um condomínio e até já estava vendendo o projeto em um estande aqui em frente. Graças a Deus a Justiça ficou do nosso lado”, ressalta Roseane Patrício, da CMP.

Outdoors sendo retirados

A coordenadora da União Nacional de Movimentos Populares, Jussara Barbosa também comemorou a desapropriação do terreno. “Nós estamos construindo casas e apartamentos em vários locais, dando moradia a quem não tem, com apoio do Ministério das Cidades. Já conseguimos a cessão junto à SPU para a construção de 1.500 apartamentos e 476 casas no terreno da H.Dantas na Barra dos Coqueiros, obedecendo a todo um projeto auto-sustentável do meio ambiente”, destaca Jussara Barbosa.

O deputado estadual, Samuel Barreto (PSD) também esteve no local da desapropriação. “Eu estou acompanhando esse movimento em prol da moradia e eles fazem um lindo trabalho. Diferente dos programas sociais do Governo, as famílias participam das construções e com isso fica mais difícil vender os imóveis”, acredita.

Decisão

Representantes de Movimentos em prol da moradia popular comemoraram

Roseane Patrício: "Estamos muito felizes"

Jussara Barbosa também comemora

Deputado Capitão Samuel acompanhou trabalhos

Placas foram colocadas ao lado do conteiner que servia de estande de vendas

Técnicos da SPU contaram com apoio da PF

 

Técnicos da SPU explicaram que a empresa S&B foi notificada no último dia 19 de março de 2013, de que deveriam retirar os outdoors e outros painéis de divulgação do Riverside Resort Residence num prazo de dez dias. Como não houve cumprimento à decisão administrativa assinada pela secretária de Patrimônio da União, Cassandra Maroni no último dia 14 de março. “A área foi decretada de interesse do serviço público em 15 de março, cuja decisão administrativa foi publicada no Diário Oficial da União”, informa o técnico da SPU, Teófilo Melo.

A reportagem do Portal Infonet entrou em contato com a empresa, mas os responsáveis ainda não tinha retornado do almoço e os números dos telefones celulares não foram liberados. O Portal Infonet continua a disposição da empresa S&B para quaisquer esclarecimentos por meio do telefone (79) 2106-8000 ou pelo e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais