SSP constata excesso de cloro em água servida na escola

0

Água contaminada em bebedouro da escola (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O delegado Leógenes Correia recebeu o laudo do Instituto de Tecnologia e Pesquisa de Sergipe (ITPS), que constata “teor exagerado de cloro” na água potável ingerida por alunos do Colégio João Lima Feitosa, no município de Pinhão. Na quinta-feira da semana passada, 14, alunos beberam a água e ficaram intoxicados, com quadro clínico, indicando dores de cabeça, enjoo e vômito.

O episódio virou caso de polícia. Na Delegacia local, foi instaurado inquérito policial para investigar a ocorrência e amostras da água foram colhidas e enviadas para análise da equipe técnica do ITPS. Com o resultado, conforme informações da assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), o delegado Leógenes Correia não tem dúvida que alguém manipulou a água potável, misturando-a com água sanitária antes de disponibilizar o líquido no bebedouro da escola.

O inquérito policial ainda não está concluído. Mas a SSP descarta a possibilidade do crime ter sido praticado pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), responsável pela distribuição de água da região. As investigações indicam que água foi retirada da torneira e armazenada em um galão para, posteriormente, abastecer o bebedouro.

A polícia acredita que a pessoa que manipulou a água fez a mistura. Há suspeita que a pessoa que fez a manipulação tenha jogado água sanitária na água potável, por ser o cloro o produto base na produção de água sanitária. As investigações prosseguem. Há perspectiva que o inquérito seja concluído nos próximos dez dias, sem previsão de identificação de autoria.

Na noite anterior, ocorreu um evento religioso na cidade que teve a escola como ponto de concentração. Há suspeita que a mistura do líquido tenha ocorrido durante aquele evento que reuniu milhares de pessoas.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais