SSP inicia curso para atendentes do Ciosp 190

0

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) iniciou nesta terça-feira, 6, mais um treinamento para 130 atendentes e despachantes de emergência do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp 190).

Para o diretor do Ciosp 190, coronel Salvador Sobrinho, “isso irá permitir que eles façam uma abordagem mais eficiente por telefone a vítimas ou denunciantes de crimes ou sinistros que ligam buscando ajuda. Essa é a segunda instrução de formação pela qual eles vão passar, afinal, todos foram submetidos a uma formação no início e agora vão ter um reforço considerável”, frisou.

Segundo o diretor da Acadepol, delegado Abelardo Inácio, a grade curricular abrangerá mais de 40 horas de aulas teóricas e práticas de comunicação, gestão da informação, atendimento de emergência e situações de crise. “O objetivo é desenvolver as habilidades e capacidades dos servidores para lidar com conflitos e melhor utilizarem recursos da SSP na resolução de ocorrências. Essa qualificação acontecerá em três horários distintos, para que as turmas não precisem faltar ao trabalho”, destacou.

Metodologia

Todo o treinamento seguirá uma proposta apresentada pela consultoria Uniep, que é especializada em qualificação de pessoas. O prazo previsto para o final do curso é 4 de julho deste ano e o custo estimado para todo o processo é de R$ 27 mil, valor que será custeado pela Politec, empregadora dos atendentes contratados. As aulas serão divididas em três modulos, que terão ênfase na exposição da realidade atual da segurança pública no Brasil e em Sergipe, e na aplicação de ferramentas como a neurolinguística para criar uma comunicação mais eficiente e eficaz com o público.

Ao todo, são 80 atendentes contratados. Os outros 80 servidores são da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Coordenadoria de Perícias. Essas equipes se revezam em turnos de seis e oito horas de trabalho, respectivamente. Os contratados fazem o atendimento inicial de todas as chamadas e são monitorados por policiais e bombeiros.

Por Kátia Susanna, com informações da SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais