Suspeito de assassinar vigilante morre em confronto com a polícia

0
Emanuel Messias dos Santos França, o NEO, de 20 anos, morreu em confronto com a Polícia Civil (Foto: Sergipe Notícias)

Um ex-presidiário identificado como Emanuel Messias dos Santos França, o NEO, de 20 anos, suspeito de ser envolvimento na morte do vigilante Mário Sérgio Barboza Santos, em Capela, morreu no final da tarde desta terça-feira, 10, após confronto com policiais civis de Capela e da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (COPCI).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), Emanuel Messias e um comparsa também são acusados de atirar várias vezes contra duas guarnições da Polícia Militar, no dia 30 de agosto deste ano.

O vigilante Mário Sérgio Barboza Santo foi morto na madrugada do dia 4 de setembro, enquanto trabalhava na escola Antônio Ferreira Carvalho, no Campo da Aviação, em Capela. Ele foi assassinado a golpes de faca e teve a mão direita decepada.

Os detalhes da ação que culminou com morte de Emanuel Messias e das investigações serão repassados pelo delegado Wanderson Bastos durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 11, às 11h.

 

Por Verlane Estácio com informações da SSP/SE

Comentários