Suspeito de homicídio contra médico se apresenta à Polícia

0
Diogo de Souza Nunes, conhecido como Buda, se apresentou no Depatri (Foto: SSP/SE)

Um homem identificado como Diogo de Souza Nunes, conhecido como Buda, que é acusado de participação no assassinato do médico Iremar Mecenas Silva, 58, se entregou nesta segunda-feira, 4, à Polícia Civil.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o suspeito se apresentou no Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri) e à delegada Juliana Alcoforado. Ele está detido e será encaminhado a uma das unidades do sistema prisional.

O crime aconteceu no município de Barra dos Coqueiros, em 21 de dezembro de 2018. O médico foi encontrado morto com marcas de pauladas na cabeça, dentro da própria casa, na Praia da Costa, localizada na Barra dos Coqueiros.

A Polícia Civil constatou que foram olevados diversos pertences da vítima, como duas televisões, vasos, relógio, iPhone, perfume, objetos pessoais e joias de ouro. Para evitar que pudessem ser perseguidos, os suspeitos levaram a chave do carro e rasgaram os pneus.

Diogo de Souza Nunes, conhecido como Buda, era o único que estava foragido. Ele se entregou depois que a sua foto foi divulgada pela SSP, que pediu a colaboração da população por meio do Disk Denúncia – 181. Já foram presos pela participação no crime, Otávio de Jesus Rocha, “Chuíco”, 24 anos, foragido da Justiça por retirada de tornozeleira eletrônica; o irmão dele, Ozenias de Jesus Rocha, “Bidi”, 27 anos; José Ederaldo Honório Palmeira, “Deraldo”, 33 anos, ex-presidiário, e Denis Silva Mota, 37 anos. Todos fazem parte do mesmo grupo que vinha praticando furtos a residências na Barra dos Coqueiros.

por Verlane Estácio

 

Comentários