Tânia sugere que UFS compre material em Braille

0

A vereadora Tânia Soares (PC do B) solicitou ontem, dia 15, ao reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), José Modesto dos Passos Subrinho, que sejam adquiridos equipamentos que possam traduzir os textos e livros usados pelos professores para a linguagem Braille.

 

A vereadora disse que a idéia surgiu com base nos depoimentos de vários alunos que possuem problemas visuais. A universitária Gilvaneide Silva é uma dessas pessoas. Ela é obrigada a estudar e fazer todas as provas sem enxergar. Assim como Gilvaneide, Tânia encontrou outros estudantes com o mesmo problema e espera encontrar uma solução em comum para beneficiar todos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais