Tartarugas marinhas são encontradas mortas em praias da capital

0
O projeto Tamar diz ainda que mortes desta natureza são comuns (Foto: projeto Tamar/ )

Duas tartarugas marinhas foram encontradas mortas nas praias de Aracaju neste último domingo, 03. Segundo o projeto Tamar, uma foi localizada na praia de Aruana; e a outra na Barra dos Coqueiros. Ainda segundo o órgão de proteção das tartarugas, aparentemente a causa da morte não tem relação com o vazamento de óleo que há mais de dois meses polui as praias do litoral nordestino.

Morte do animal não tem relação com o vazamento de óleo, diz Tamar (Foto: projeto Tamar)

“Como podemos ver na imagem, as tartarugas apresentam uma boa condição corpórea. Os indícios dão conta de que elas tenham morrido afogadas em redes de pesca”, afirma o Tamar. A entidade diz ainda que mortes desta natureza são comuns. “As redes de pesca também representam risco para os animais. Agora temos dois problemas: além das redes, essa questão do óleo”, afirma.

Outros casos

No final do mês de outubro, mais duas tartarugas da espécie Lepidochelys olivacea, conhecida como tartaruga oliva, foram encontradas mortas nas praias da Coroa do Meio e do Mosqueiro. De acordo com a assessoria de comunicação do Projeto Tamar, os animais também não apresentavam sinais de interação com óleo.

por João Paulo Schneider e Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais