Táxi cai em um canal no conjunto Lourival Batista

0

Carro foi arrastado por aproximadamente 200 metros (fotos: portal Infonet)
Na noite de domingo, 31, por volta das 21h30, um táxi com placa policial IAG 1149, caiu dentro de um canal  no conjunto Lourival Batista.

Segundo o condutor do veículo, Manoel Vieira da Silva, a falta de proteção no canal ocasionou o acidente. “No momento em que eu tentava entrar na rua A, onde o passageiro estava a minha espera, caí na segunda parte do canal” relatou.

O motorista também informou que por conta da chuva o canal estava completamente cheio. “Não dava para saber onde terminava e onde começava o canal, tudo estava cheio de água”, comentou Manoel.

O condutor, que foi socorrido por populares no momento em que caiu 

Condutor diz que foi socorrido por um morador
dentro do canal, diz que teve muita sorte em estar vivo. “Foi tudo muito rápido, a minha sorte foi que um rapaz mergulhou dentro do canal e me ajudou a sair de dentro do carro”, explicou o condutor

Manoel Vieira também contou que o carro foi arrastado por aproximadamente 200 metros dentro do canal. “A força da água foi tanta que o carro foi arrastado fazendo uma curva dentro do canal”, relatou.

Moradores

Na manhã dessa segunda-feira, 1°, o veículo foi guinchado de dentro do canal. No local os moradores estavam inconformados com mais um incidente em consequência das chuvas. “Sempre que chove é a mesma coisa, isso aqui vira um rio e nossas casas ficam completamente alagadas”, desabafou Célia Macedo, 62 anos e que há 39 mora no local.

Carro foi guinchado na manhã dessa segunda-feira

Célia também relatou que outros acidentes já aconteceram no local. “Outro dia uma senhora caiu aí dentro com uma criança no colo. Se não fossem os moradores ela não teria conseguido sair”, contou a moradora.

Segundo outra moradora do local, Jucileide Souza Santos, 39 anos, apenas quando acontece uma enchente a prefeitura manda limpar o canal. “São 21 anos nesse sofrimento, toda vez que chove é a mesma coisa. O canal é cheio de areia, aí quando chove acontece isso”, comentou.

Jucileide também reclamou da falta de atenção das autoridades competentes. “Ninguém vem aqui resolver nossos problemas, acho que só vão nos enxergar no dia que morrer alguém aqui dentro. Na época de chuva minha casa fica

Jucicleide diz que em período de chuva, a casa fica completamente alagada
completamente alagada, não perco meus filhos porque os vizinho chegam para me socorrer”, desabafou indignada Jucicleide.

Quem também reclamou das autoridades foi o morador Marcos Santos, 38 anos. “Político nenhum olha pelos moradores daqui, entra prefeito sai prefeito, entra governador sai governador e ninguém faz nada”, reclamou o morador.

Marcos Santos também ressaltou que os moradores do local estão cansados de promessas. “Nenhum desses políticos tem credibilidade junto à comunidade do Lourival Batista, estamos cansados de viver embaixo d’água”, finalizou o morador.

Por Alcione Martins e Carla Sousa

Comentários