Taxista reage a assalto e mulher é atingida com tiro

0
Taxista reagiu ao assalto e mulher acabou sendo atingida (Foto: Portal Infonet)

Uma tentativa de assalto a um taxista terminou na morte de uma mulher na noite desta quarta-feira, 26. O taxista reagiu ao assalto e entrou em luta corporal com os dois assaltantes armados que se passavam por passageiros. Léa Ferreira da Silva Paes, 33 anos, passava pelo local em direção à igreja e foi atingida com um tiro na cabeça. O fato ocorreu no loteamento Alto da Boa Vista, Bairro Cidade Nova.

Ainda nervoso com a situação, o taxista Wilton Vagner, conta que os dois rapazes solicitaram a corrida no Gbarbosa da Avenida Visconde de Maracaju. “Eles disseram que o destino era o condomínio Alto da Bela Vista, mas ficaram indicando caminhos diferentes do que leva a esse lugar. Eu questionei e foi nesse momento que eles anunciaram o assalto e ameaçaram me matar caso eu não ficasse quieto”, detalha o taxista explicado que um dos suspeitos ocupava o banco do carona, enquanto o outro ocupava no banco traseiro.

Mesmo com a arma apontada para sua cabeça, Wilton Vagner reagiu ao assalto e se atracou com o assaltante que estava no banco da frente. “Pedi ajuda aos moradores, mas as pessoas ficaram com medo porque ele estava armado. Ele disparou e o tiro atingiu a moça”, lamenta. “Sinto alívio porque estou vivo. Mas também estou com uma grande tristeza pela morte da moça”, completa.

O fato chamou a atenção dos moradores da região

Léa Ferreira é moradora das proximidades e seguia para a igreja acompanhada da sobrinha Lidiane Silva. “Eu estava acompanhando ela e de repente, veio o carro em alta velocidade. Ela me empurrou para que nada acontecesse comigo e o carro passou por cima das pernas dele. Quando eu vi, ela estava com um tiro na testa”, diz Lidiane ainda muito abalada.

Com a confusão, os dois assaltantes conseguiram fugir a pé do local. O crime chamou a atenção de moradores da região que estavam inconformados com tragédia. A Polícia Militar, a Criminalística e o Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local para atender a ocorrência. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios.

Por Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais