Telha: policial que matou homem irá se apresentar

0
Caso está sendo investigado pela DP de Telha (Foto: Arquivo Infonet)

O policial que teria atirado contra um rapaz de 20 anos, após uma briga no município de Telha, na madrugada do último domingo, 16, irá se apresentar à polícia. O crime aconteceu em uma festa dentro de um clube no povoado São Pedro, no município. Testemunhas já estão sendo ouvidas na delegacia.

De acordo com a delegada Flávia Cristina, policial teria atirado contra homens que o espancavam. Segundo ela um grupo, que também estava aramado, teria se reunido para atacar o policial que reagiu após conseguir sacar a arma. “Inicialmente esse policial foi agredido e ainda conseguiu puxar a arma. A informação que temos é que do lado oposto atiraram contra o policial e seu primo foi atingido no braço.  O advogado do policial, que é alagoano, entrou em contato conosco para que o policial se apresente”, adiantou.

Testemunhas

A delegada informou que segundo as testemunhas havia muito tumulto e, portanto, está difícil identificar o grupo oposto. “Nós daremos continuidade às investigações para apurar o caso”, diz.

Vítimas

Pedro Leandro dos Santos, 20, que residia no povoado, foi atingido, socorrido com vida e encaminhado ao Hospital Regional de Propriá, onde morreu na manhã do domingo, 16. O sobrinho, do policial militar alagoano, Edvaldo Lima de Farias, foi atingido no braço e recebeu atendimento médico no mesmo hospital onde Pedro Leandro faleceu. Os policiais sergipanos suspeitam que o sobrinho, mesmo ferido, ainda teria dado proteção ao policial alagoano, facilitando a fuga.

Por Eliene Andrade

Comentários