TJ concede prisão domiciliar a Antonio Francisco

0

O ex-deputado Antonio Francisco Garcez Sobral, preso desde o início de 2004 por envolvimento na trama que levou a morte o deputado estadual Joaldo Barbosa – do qual Francisco era suplente -, voltou na noite de ontem, dia 5, para casa. Uma decisão da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Sergipe acatou um pedido de habeas corpus impetrado pelos advogados de Garcez e autorizou que o ex-deputado fique detido em prisão domiciliar.

 

O ex-parlamentar chegou ao município onde reside, Itaporanga D’Ajuda, por voltas das 19 horas de ontem. O documento que determina a conversão de prisão preventiva em domiciliar foi baseado em relatórios médicos apresentados pela defesa de Garcez na qual apontam incapacidade do Estado de ofertar tratamento adequado ao ex-deputado, que tem diabetes e problemas cardíacos. Dois policiais ficarão 24 horas vigiando Garcez.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais