Toneladas de lixo são retirados de mangues de Aracaju

0
Todo tipo de resíduos sólidos são jogados nos mangues de Aracaju (Fotos: Portal Infonet)

Projeto 'Jogue limpo com o Mangue' é realizado na capital sergipana

Presidente da Colônia de Pescadores Hamilton João Oliveira Santos

Sub-tenente do Pelotão Ambiental, Francisco Gomes de Andrade

"É triste quando lanço minha rede em alto mar e pesco uma geladeira". O desabafo é do pescador e presidente da Colônia de Pescadores Z-1, Hamilton João Oliveira Santos, que estava presente na ação de coleta de resíduos sólidos do projeto "Jogando Limpo com o Mangue" realizado nesta manhã, 9, em Aracaju.

Segundo o pescador, todo lixo que a população joga nas marés desce para o alto mar. E não foi só geladeira que ele já pegou em sua rede. "Foi sofá, mesa, cadeira, animais mortos. É muito triste, é degradante a situação dos mangues e rios de Sergipe. E tudo isso acontece por causa da falta de consciência das pessoas, da especulação imobiliária e da falta de boa vontade dos governantes para limpar e preservar o meio ambiente", disse.

O projeto Jogando Limpo com o Mangue, que está na quarta edição, é uma iniciativa de empresas privadas em conjunto com o Pelotão de Polícia Ambiental da Polícia Militar de Segipe e outros órgãos públicos ligados ao meio ambiente.

"A quantidade de resíduos sólidos coletados em apenas um quilômetro de área de mangue é tão grande, que só demonstra a falta de consciência da população", informa a assessora de comunicação do grupo João Carlos Paes Mendonça (JCPM), Ana Paula Caldas.

Segundo ela, na primeira edição foram coletados cerca de 500 quilos de lixo, no segundo ano do evento esse número já aumentou para uma tonelada e na última edição foram coletadas 1.3 toneladas de lixo.

O sub-tenente do Pelotão Ambiental, Francisco Gomes de Andrade disse que a prefeitura de Aracaju peca muito no sentido de realizar ações mais práticas e efetivas que evitem a invasão de pessoas em áreas de mangue.

De acordo com ele, a construção de um calçadão, a exemplo do que foi feito às margens do mangue da Coroa do Meio, é uma boa solução para proteger os mangues da cidade. "Mas, do jeito que está não dá para ficar. A situação está incontrolável", afirmou.

Por Moema Lopes

Comentários