Trajetória da Psicologia no Brasil nos Séculos XIX e XX

0

Fatos e personalidades do mundo PSI:

1854 – FEREIRA FRANÇA publica “Investigação em Psicologia” primeira livro publicado no Brasil contendo no título o termo Psicologia.

1890 – A REFORMA DO ENSINO BENJAMIN CONSTANT, através das disciplinas ”Filosofia”(em psicologia e Lógica) e “Pedagogia”( em Pedagogia e Psicologia) introduz o ensino de psicologia.

1903 – Aprovação da 1ª legislação sobre a “Assistência aos Alienados”.

1906 – Manoel Benjamin dirige o 1º Laboratório de Psicologia e Pedagogia planejado por Alfred Binet.

1914 – Criação do 1º Laboratório sde Psicologia Experimental na escola Normal de São Paulo.

1921 – a disciplina”psicologia” foi introduzida nos currículos das escolas normais como disciplina optativa.

1923 – Criação do Laboratório de Psicologia da colônia de Psicopatas do Engenho de Dentro, dirigido por Waclave Rodecki.

1924 – ULISSES PERNAMBUCANO abole o uso da camisa-de-força e introduz a praxisterapia no Hospital de Doenças Nervosas e Mentais do Recife.

1926 – LOURENÇO FILHO – produz a biblioteca de educação com vários títulos na área da psicologia lançado pela editora melhoramentos.

1929 – Criação da Escola de Aperfeiçoamento  para Professores em Minas Gerais, com laboratório de Psicologia idealizado por CLAPAREDE, Th. SIMON e LEON WALTER, coordenado por HELENA ANTIPOFF.

1932 – 1º Projeto de um curso de Formação de psicólogos profissionais  com duração de 4 anos, pelo Instituto de psicologia do Ministéioo da educação e saúde Pública (antes laboratório de Psicologia da Colônia de Psicopatas do engenho de Dentro).

1934 – A Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP insere no currículo a disciplina “Psicologia”.

1934 – Lourenço filho Cria o Teste ABC –(para verificação da Maturidade Necessária para Aprendizagem da Leitura e da Escrita).

1936 – Criado o Laboratório de Biologia Infantil com seção de psicologia e objetivo de analisar causas físicas e mentais da criminalidade juvenil e apurar as técnicas de tratamento de meninos delinqüentes.

1936 – ARTUR RAMOS publica “ Introdução à Psicologia Social”.

1938 – Realização do 1º Congresso Paulista de Psicologia, Neurologia, Psiquiatria, Endocrinologia, Identificação, Medicina Legal e Criminologia.

1940 – HELENA ANTIPOFF – através da Sociedade Pestalozzi instala escola na fazenda do rosário em IBIRITÉ – MG.

1941 – A Companhia de Jesus prescreve o ensino da psicologia experimental no curso de Filosofia.

1945 – Fundação da Sociedade de Psicologia de São paulo

1947 – EMILIO MIRA Y LÓPEZ – dirige o Instituto de Seleção e Orientação Profissional – ISOP da Fundação Getúlio Vargas.

1949 – Fundação da Associação Brasileira de Psicotécnica – Graças a atuação de E. Mira Y López no ISOP.

1949 – Criação do “Boletim de Psicologia de São Paulo” – Criação dos arquivos Brasileiros de Psicotécnica 1º Boletim de veiculação nacional, por Eliezer Schneider.

1950 – Criado o “Boletim de Psicologia”  pelo Instituto da Universidade do Brasil.  Criação de vários Institutos de Psicologia.

1953 – Realização do 1º Congresso de Psicologia no Paraná.

1954 – Fundação da Associação Brasileira de Psicólogos.

1962 – A lei 4.119 – Regulamenta a profissão de Psicólogo e os Cursos de Psicologia.

1971 – Lei 5766 regulamentada pelo Decreto 79.822/77 Cria o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Psicologia.

1982 – Fundação da ANPEPP – Associação Nacional de Pesquisa Pós-graduação em Psicologia.

1999 – Fundação da ABEP – Associação Brasileira de Ensino de Psicologia.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais