Três comerciantes são indiciados por maus tratos

0
Três comerciantes foram autuados (Foto: Arquivo Infonet)

Policiais da Delegacia de Proteção ao Consumidor e ao Meio Ambiente (Deprocoma) estiveram visitando os mercados municipais Albano Franco e Thalles Ferraz e constataram irregularidades encontradas quanto à comercialização dos animais [cachorro, gato e aves] no local.

Animais ao sol, falta de cartão de vacinação, alimentação e a superlotação em gaiolas são algumas das condições em que os animais foram encontrados pelos policiais.

De acordo com o delegado do Deprocoma, Paulo Márcio Ferreira, no momento da visita, foi lavrado três Termos Circunstanciados. “O local que encontramos mais irregularidades foi no Thalles Ferraz, lá os animais foram encontrados sem nenhuma adequação. Existem regras na lei municipal para a comercialização desses animais. Os próprios comerciantes informaram que possui um veterinário contratado por eles para orientá-los nesse sentido, mas eles não cumprem a lei”, afirma o delegado.

Os comerciantes autuados ainda poderão cumprir penas alternativas e pagar multas caso a denúncia seja aceita pelo Ministério Público.

Emsurb

Em contato com a assessoria de comunicação da Emsurb fomos informados de que os vendedores tiveram o direito de comercializar nos mercados por uma autorização da justiça, mas que a empresa é apenas responsável por administrar o espaço. Quanto a uma possível penalidade aos comerciantes, a assessoria esclarece que cabe apenas aos órgãos responsáveis.

Para denunciar os casos maus tratos, a pessoa pode ligar para o Ibama através do número 0800-61-8080, ou do Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb) pelo (79) 3248-8306.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais