Vigilantes de Sergipe podem cruzar os braços novamente

0
Categoria espera nova proposta da classe patronal (Foto: arquivo Infonet)

Os vigilantes do estado de Sergipe ameaçam paralisar as atividades caso a classe patronal não apresentou uma nova proposta de negociação.  A decisão foi tomada em assembleia realizada na noite desta sexta-feira, 31.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Sergipe, Reginaldo Gonçalves, a categoria aguardará uma nova resposta dos patrões até a próxima quinta-feira, 6. “Vamos ver se a proposta pode melhorar para algo que nos agradae. A última proposta apresentada foi uma vergonha. Eles queriam um salário-base de R$ 711 e ticket-alimentação no valor de R$ 69,90”, explica o presidente.

Os vigilantes reivindicam o cumprimento da lei nº 12.740/2012, que garante um adicional de 30% por periculosidade nos salários, R$ 300 de ticket-alimentação e o retorno do Prêmio Asiduidade, de 3%. Isso além do cumprimento da lei.
Na próxima semana, a categoria deve se reunir novamente no intuito de definir o rumo das negociações ou uma possível greve.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais