Vigilantes do Estado servem sopa durante protesto

0
Ferreira Junior diz que uma greve não está descartada (Foto: Arquivo Infonet)

Após o recado dado aos servidores pelo governador do Estado Jackson Barreto (PMDB) quando disse “Nem vem de garfo, que hoje é dia de sopa”, fazendo referência à música de Wilson Simonal ‘Não vem que não tem’, os vigilantes públicos do estado realizaram um ato público nesta quarta-feira, 26, em frente ao Palácio de Despacho.

Na oportunidade, os vigilantes fizeram um ‘sopaço’ e serviram em forma de protesto. A pauta da categoria é pelo plano de carreira, reajuste salarial, correção inflacionária de 2012 e 2013, equivalente a 11,05%, o pagamento de 30% do adicional de periculosidade, além de melhores condições de trabalho.

Segundo o presidente do Sindicato dos Vigilantes do Setor Público do Estado de Sergipe (SINDIVIPSE), Ferreira Júnior, o ato foi uma forma de repúdio à frase e uma greve não está descartada. “Esse ato é de resposta à fala do governo na qual ele cita uma determinada música e manda um recado aos servidores. Fizemos a distribuição de sopa para os vigilantes como forma de repúdio. Vamos ter uma reunião com o secretário Gama e Belivaldo Chagas, mas a greve não está descartada”, diz.

Em recente nota enviada ao Portal infonet, a assessoria de comunicação da Seplag informou que o governo vem realizando um estudo sobre a reestruturação de carreira de várias categorias, inclusive a dos vigilantes. Além disso, acrescentou que o governo vem mantendo diálogo com o SINDIVIPSE a fim de chegar um acordo.

Reunião

A reunião com os secretários João Augusto Gama e Belivaldo Chagas [Educação] acontecerá na quinta-feira, 27, às 11h, na Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag). 

Já às 16h, será realizada uma assembleia na Central Única dos Trabalhadores (CUT) e caso a reivindicação da categoria não seja aceita, os servidores poderão deliberar por uma greve por tempo indeterminado.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais