Visitas íntimas estão suspensas nos presídios a partir de sábado, 6

0
As visitas íntimas serão suspensas a partir do próximo sábado, 6 (Foto: Sejuc)

Diante do aumento de casos da Covid-19 em todo o território nacional, a Secretaria de Justiça, do Trabalho e da Defesa do Consumidor (Sejuc) retomou as restrições previstas pelo Comitê de Crise de Controle e Prevenção.

A Fase Laranja será retomada no próximo sábado, 6 de março, com a suspensão das visitas íntimas e a limitação a uma visita social por interno a cada 15 dias, assim como do atendimento jurídico. A decisão ocorreu em reunião realizada na manhã desta terça-feira, 2.

De acordo com o secretário Cristiano Barreto, o aumento dos casos da Covid-19 fora do sistema prisional tem impactado no interior dos presídios, o que motivou a retomada das medidas de redução dos riscos de contágio, previstas na Fase Laranja. “Temos observado que, com o aumento dos casos da Covid-19 nas ruas, tem refletido diretamente dentro das unidades prisionais. Esse monitoramento é feito diretamente por parte das equipes de saúde, com realização de testagem nos internos que apresentam algum tipo de sintoma”, citou.

A Sejuc seguiu a orientação do Conselho Nacional de Secretários de Justiça (Consej) e, junto às medidas que foram adotadas anteriormente, como a testagem em massa no Presídio Feminino (Prefem) e a suspensão das visitas, a secretaria reforça o combate à Covid-19 nos estabelecimentos prisionais de Sergipe.

“Com esse aumento no número de casos e previsão de um aumento ainda maior nos próximos meses em todo o território nacional, o Consej tem recomendado que as unidades prisionais adotem medidas mais restritivas no acesso às unidades prisionais visando evitar a proliferação do coronavírus com maior intensidade nos presídios”, reforçou.

A medida tem um prazo de duração inicial de 30 dias. “Esse prazo servirá para que possamos analisar e avaliar a reação dessa restrição dentro das unidades prisionais, com a implementação de novas testagens e, após esse diagnóstico, deliberar novamente sobre retorno ou manutenção de tal restrição”, informou Cristiano Barreto.

O secretário pontuou ressaltando que os casos registrados nas unidades prisionais são leves. “Em que pese ter aumentado o número de internos contaminados, o que temos observado é o aumento da condução de presos para unidades hospitalares, porém para atendimento de retorno. Não estamos registrando óbitos pela Covid-19. Os casos têm aumentado mas continuam sendo leves. Mas, visando prevenir e resguardar a saúde dos internos, dos servidores e dos familiares, o comitê decidiu pela medida nos próximos 30 dias”, finalizou.

Fonte: Sejuc

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais