27º Encontro Cultural de Laranjeiras recebeu muitas críticas

0

Terminou, sob o signo da crítica, o 27º Encontro Cultural de Laranjeiras, tudo por conta de uma “programação artística”, que privilegiou os artistas importados, em vez dos artistas locais. Enquanto no palco A se apresentavam Harmonia do Samba, Calcinha Preta, Lairton e Seus Teclados, entre tantos outros, cantores sergipanos – como Irmão e Tom Robson – foram proibidos de cantar no palco A, porque os componentes do Harmonia do Samba não quiseram dividir o palco com ninguém. Ao encerramento do encontro choveram críticas dos participantes à iniciativa da Prefeitura de Laranjeiras de fazer uma programação que só trouxe prejuízos aos grupos folclores e aos cantores locais. Os grupos folclóricos não puderam fazer o trajeto habitual pelas ruas de Laranjeiras. O desfile estava marcado para as 19 horas da última sexta-feira, mas até às 22h30min não havia sido iniciado, esperando-se a chegada do governador Albano Franco, que só aconteceu às 23 horas. Tudo isso sem falar da chuva, que prejudicou e muito os desfiles.

Comentários