A tradicional Festa dos Santos Reis será em fevereiro

0

(Foto: divulgação)

Todo ano sempre uma semana antes do carnaval o povo ribeiropolense se reúne para festejar a alegria do carnaval de um jeito próprio e todo especial. É uma velha tradição do município, que surgiu na década de 50 quando o Senhor José Robustiano de Menezes resolveu comemorar a folia carnavalesca na fazenda junto dos empregados.

Assim nasceram Os Caretas, um grupo folclórico criado para abrilhantar uma festa na fazenda, mais tarde a brincadeira foi se estendendo até chegar à sede do município, transformando-se na maior atração cultural do município “A Festa de Santos Reis” que acontece todo ano em Ribeirópolis.

No início, O Grupo e os Caretas era formado apenas por homens; atualmente ainda é bem pequena a participação de mulheres fantasiadas durante o desfile que acontece anualmente pelas ruas do município. É sempre uma grande alegria, um espetáculo ver o grupo fantasiado pela cidade vestindo roupas femininas, usando máscaras assustadoras e com os corpos pintados de tintas coloridas. Os ribeiropolenses saem pelas ruas seguidos por uma multidão, dançando, pulando, tocando zabumba, gaitas e pedindo gorjetas a quem encontrar pelo caminho.

Uma parte da população segue o cortejo rindo, brincando, outra fica na calçada de suas residências esperando ansiosas a passagem do grupo, enquanto as crianças pulam de alegria, ou correm assustadas ao ver as caretas, porem todos é unânimes em expressar extasiadas as suas emoções de prazer e orgulho por fazerem parte de uma manifestação cultural que identifica o passado da população.

O tempo passou e os festejos continuaram acontecendo, a comemoração particular passou a fazer parte da vida do povo, o que antes era apenas uma simples diversão transformou-se numa belíssima festa atingindo seu ápice na década de 90. Hoje, a brincadeira carnavalesca da fazenda é a maior representação da tradição cultural da cidade.

A Festa dos Caretas ou Festa de Santos Reis reúne milhares de foliões de todos os cantos e recantos da cidade, atrai pessoas vindas das diferentes regiões do estado e também turistas de diversas partes do país. É a manifestação cultural mais antiga do município, nela crianças, jovens, adultos e idosos, juntos brincam e se divertem, mantendo vivo o espírito carnavalesco da região e torna cada vez mais viva a tradição que há décadas faz do município de Ribeirópolis uma cidade que traz na sua essência o amor aos costumes e as tradições do seu povo.

Sábado, 11/02 (Praça de eventos)

22h – O autentico Forró Nordestino de Aldemário Coelho;
00h – O pagodão Sergipano da Banda Nossa Versão;
02h – O agito contagiante da Banda Seeway;

Domingo 12/02

05h – Alvorada Festiva “Uma espécie de Esquenta” pelas ruas da cidade;
08h – Desfile do Tradicional Grupo Os caretas
21h – O som contagiante do Edcity
23h – Encerrando com chave de ouro a Banda Alma Gêmea

Fonte: Assessoria de Comunicação

Comentários