Adeus Pré-Caju 2004

0

Depois de quatro dias de folia, o que sobra nas avenidas que abrigaram o Pré-Caju 2004 são pessoas, muitas delas trabalhando duro, para desmontar toda aquela estrutura de arquibancadas e camarotes. Cerca de 20 homens foram necessários para a montagem daquela parafernália toda. Após dois dias do término da folia, os números são estes: 30 pessoas trabalhando para desmontar a estrutura em apenas 10 dias. O detalhe vai para o número de caminhões utilizados: 50, do modelo truck. “Depois daqui vamos armar a estrutura dos camarotes de Barreiras e em seguida, o Carnaval de Salvador”, diz o conferente de material da empresa baiana M4, Renato Miranda. Renato diz ainda que a empresa M4, responsável pela estrutura do Pré-Caju há 12 anos, gastou em média, na estrutura deste ano, entre 10 mil a 15 mil parafusos. Por Carlos Augusto Lima

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais