Banda ‘Trakinagem’ levará pagode e samba para o FASC

0
A Trakinagem se apresenta no dia 16 (Foto: Divulgação Prefeitura de São Cristóvão)

A banda sancristovense Trakinagem promete animar os amantes do pagode e do samba no dia 16 de novembro durante o 36° Festival de Artes de São Cristóvão (FASC). Formado há 20 anos, o grupo se apresenta pela primeira vez no evento, a partir das 21h no Palco Frei Santa Cecília e a preparação tem sido intensa desde que o show foi anunciado.

Fundada com o objetivo de animar os finais de semana da juventude de São Cristóvão, a banda foi criada inicialmente com o nome ‘Trakinos’, por conta da insistência dos integrantes em aprender o domínio dos instrumentos. Seu nome foi modificado a partir de uma música de autoria do vocalista Davisson Corrêa, que falava sobre trakinagem e marcou a história do grupo, fazendo sucesso no início dos anos 2000.

Inspirada principalmente por bandas de axé e pagode, a exemplo do grupo baiano Harmonia do Samba, a banda sancristovense busca retratar a alegria dos seus integrantes em suas apresentações. “Nós gostamos muito do estilo do Harmonia, com letras mais leves. Também pegamos algumas canções do sertanejo e trazemos para o pagode, para o nosso estilo”, explicou Paulo Henrique, que é um dos fundadores da banda.

O grupo passou por algumas pausas durante os 20 anos de história, a mais longa delas ocorreu entre 2009 a 2014, mas em seu retorno, a banda foi abraçada novamente pelos moradores da Cidade Mãe. “Após quatro anos parados, onde cada integrante se dedicou aos seus projetos individuais. Quando retornamos o povo de São Cristóvão continuou indo para os nossos shows, e isso é algo que nos deixa muito felizes”, detalhou Paulo.

Após esse período, a ‘Trakinagem’ passou por outra pausa, voltando efetivamente aos palcos este ano, no Carnaval dos Carnavais. “Nós tocamos em uma terça de Carnaval, com o Carnaval quase acabando, e a praça estava lotada. Foi um momento de muita emoção, ficamos anestesiados, foi algo muito lindo. Nossa história é assim, com muita alegria, principalmente de tocar para o povo de São Cristóvão”, apontou o músico.

Preparação para o FASC

A banda tem passado por uma preparação intensa para a sua primeira apresentação no Festival de Artes. Para o cavaquinista Adriano Ribeiro, será um momento de grande emoção para todos os integrantes da banda. “É um sonho nosso sendo realizado. Para gente é um privilégio e uma satisfação, além de ser uma grande oportunidade que a Prefeitura está nos dando de mostrar nosso trabalho. Agora é só segurar a ansiedade até a hora do show”, pontuou Adriano.

Fonte: Prefeitura Municipal de São Cristóvão

Comentários