Cabaré de Quinta faz festa de um ano em atividade

0

Jornalistas e convidados no Cabaré (Foto: Arquivo Infonet)

O NósnoCabaré.comConvidados, apelidado e conhecido como Cabaré de Quinta, completou um ano no dia 04 de novembro, mas a comemoração acontece nesta quinta-feira, 10, a partir das 19h. No evento, as 49 personalidades que foram sabatinadas neste último ano serão homenageadas com o Troféu Cleomar Brandi.

O Cabaré, que tem o objetivo de discutir e cobrar assuntos de interesse da sociedade,  foi idealizado pelos jornalistas Chico Freire, Eliz Moura e Ferreira Filho. “A intenção não foi ganhar dinheiro, nem notoriedade, mas levantar assuntos em voga e/ou que preocupam a sociedade. A ideia foi ampliar os debates e cobrar dos setores responsáveis”, diz Chico Freire, acrescentando que, até então, não existia este espaço aberto à sociedade.

Como foi idealizado por jornalistas, o Cabaré ficou conhecido como de “propriedade” da imprensa, mas Chico Freire faz questão de desmistificar e convidar a sociedade e pensadores em geral. “O Cabaré é um lugar aberto, democrático e acolhedor. Queremos ampliar as discussões e também ampliar os segmentos e problemas levantados e, para isso, é importante que a sociedade se faça presente. O Cabaré não é dos jornalistas, mas de todos ”, completa.

Neste último ano diversos gestores e políticos estiveram presentes ao Cabaré, a exemplo do gerente geral da Petrobras (seccionais SE/AL), Eugenio Dezen; do então presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Reinaldo Moura; do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira; Procurador Geral da República em Sergipe, Eduardo Pellela, diversos deputados federais e estaduais e senadores, técnicos, entre outros.

“Além de política, cobranças dos gastos públicos, também discutimos o Plano Diretor, pedofilia, homofobia, trânsito, mobilidade e muito mais”, comenta Chico.

Cleomar Brandi

Cleomar Ribeiro Brandi foi um dos maiores jornalistas a atuar em Sergipe. O colega faleceu em julho deste ano e deixou um legado de obras e amigos.

O jornalista compôs a equipe que colocaria no ar a única emissora de televisão pública do Estado, a TV Aperipê; trabalhou na TV Sergipe, na TV Jornal, na Delmar FM, no Jornal de Sergipe, na TV Caju e, também, no Jornal da Cidade. Ele foi correspondente da revista Veja durante dois anos e atuou na diretoria de Comunicação do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE). Em 2009, ele lançou ‘Os segredos da Loba’, uma coletânea de textos escritos durante os 32 anos de jornalismo.
Cleomar Brandi recebeu muitos prêmios jornalísticos em vida, mas sempre fez questão de dizer que “não era homem de muitos prêmios, mas que se orgulhava de todos que havia recebido”, nada mais justo do que seu nome ser homenageado.

Cabaré de 5ª – fica no bar Templo Gelado na rua Joventina Alves com Euclides Paes Mendonça, nº 195.

Por Raquel Almeida

Comentários