Cantora Sandyalê lança videoclipe da música Linhas que Trago

0
Sandyalê evoca atmosfera íntima e onírica em novo videoclipe (Foto: Aryadne Coutinho)

A cantora e compositora sergipana Sandyalê lançou o videoclipe da canção “Linhas que Trago”, do seu álbum mais recente, “Árvore Estranha” (2019). A produção foi realizada em parceria com estudantes do curso de Cinema da Universidade Federal de Sergipe (UFS), sob a direção de Laura Tourinho, e foi fruto de financiamento coletivo. As gravações foram realizadas ainda no começo de 2020, antes da pandemia da Covid-19.

A composição foi feita por Sandyalê quando ainda morava em São Paulo. “Foi um tempo de descobertas pelos meu processos internos, por estar sozinha num lugar novo, tive que praticar o desapego e criar novas sínteses”, conta a compositora. “Linhas que Trago foi a última música que compus para o Árvore Estranha e marca o fechamento de um ciclo. Foi um fim e um recomeço”, completa.

No vídeo, essa atmosfera é retratada ora de forma concreta e ora de forma quase surrealista. A ideia foi justamente demonstrar os caminhos dos processos internos da compositora. “Compus a música sozinha no meu quarto, onde eu encontrava o refúgio para escrever e me perder na imaginação, nos pensamentos. Sofrendo um pouco, mas me refazendo e encontrando brechas para seguir adiante, apesar da falta, da saudade”, revela Sandyalê.

Nas composições do “Árvore Estranha”, Sandyalê se revela como uma compositora que se baseia nas suas experiências, na auto-análise, para chegar nos temas das suas canções. “O coração é o que orienta, é a verdade, o íntimo é o meu caminho. Eu me coloco integralmente na minha expressão artística”, explica a compositora.

Assista ao videoclipe Linhas que Trago: https://www.youtube.com/watch?v=pvTvCehXLBM 

Aceleração Musical Labsonica – A cantora foi selecionada dentre 900 artistas para participar de um festival online, patrocinado pela Oi, onde 21 artistas se apresentaram entre os dias 14 e 16 de agosto. O objetivo era conseguir uma das seis vagas para gravar músicas no estúdio Toca do Bandido, por onde já passaram nomes como Gilberto Gil, Milton Nascimento e Marisa Monte. Sandyalê está entre os seis selecionados e fará gravações no Rio de Janeiro entre os meses de setembro e outubro. Saiba mais: https://oifuturo.org.br/historias/festival-labsonica-em-parceria-a-toca-do-bandido-seis-artistas-sao-selecionados-para-mentoria-e-gravacao-de-ep/ 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários