Carlinhos Maia é condenado a pagar indenização a artista sergipana

0
A obra da artista antes e depois de ser rabiscada pelo humorista (Foto: reprodução/twitter/bella/parente da autora do quadro)

O influencer digital Carlinhos Maia foi condenado pela justiça sergipana a pagar uma indenização a artista Laudice Rocha, por danificar uma de suas obras. O caso aconteceu em 2019, em um hotel da capital, durante visita do influencer ao Estado.

Carlinhos Maia foi condenado a pagar R$ 30 mil de indenização, assim como o Hotel Del Canto, que também terá que devolver o quadro a artista sergipana. A decisão ainda cabe recurso. Em uma rede social a artista Laudice Rocha comemorou a decisão e disse que a justiça foi feita.

“Quero registrar que foi feita justiça no caso da vandalização de obra de arte de minha autoria, com sentença que condenou os responsáveis ao pagamento de indenização e devolução do quadro. Embora ainda caiba recurso, essa decisão é uma vitória importante, que exalta o respeito a quem produz a arte que livra da ignorância. A quem esteve ao meu lado nessa caminhada, deixo meu agradecimento afetuoso”, disse na publicação.

Carlinhos Maia usou seu perfil no Instagram para comentar o caso. “Galera, sobre o quadro! Fica a lição para mim e para todos: mesmo que a obra tenha sido comprada a anos, você não pode desenhar em cima. Mesmo com a autorização de quem pagou pelo quadro, “como foi o meu caso”! Mais uma vez fica minhas desculpas”, escreveu.

Relembre

O caso aconteceu em 27 de outubro durante visita do influencer à capital sergipana. No quarto do hotel em que ele estava hospedado havia um quadro da artista Laudice Rocha. Carlinhos rabiscou o quadro alegando que queria deixar sua marca no hotel em que esteve hospedado, segundo ele com autorização da proprietária do Del Canto.

Por Karla Pinheiro

A matéria foi alterada às 19h44 para acréscimo de informação. 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais