Chef aracajuana é eleita Embaixadora da Gastronomia de Sergipe

0
A chef Tâmara Cavalcante venceu a grande final do concurso culinário do Encontro de Chefs de Sergipe (Foto: Divulgação)

Sergipe tem uma nova embaixadora da gastronomia. A chef Tâmara Cavalcante venceu a grande final do concurso culinário do Encontro de Chefs de Sergipe (Enchefs 2019), realizada nesta quinta-feira, 07, e será uma das representantes do estado na etapa nacional, que acontecerá em Teresina, capital do Piauí.

A última seletiva aconteceu no Complexo Gastronômico da Universidade Tiradentes (Unit) e desafiou os participantes a fazer uma receita afetiva, que remetesse à infância de cada um deles. Com essa missão em mente, Tâmara criou um prato batizado de “Marmelada”, numa repaginação de bolo de cenoura, brigadeiro e ambrosia, com base nos ensinamentos passados por suas avós.

Tâmara criou um prato batizado de “Marmelada”(Foto: Divulgação)

“Fiquei na terceira colocação na edição do ano passado, então vim com muita expectativa este ano. Venho me preparando para este acontecimento e, quando soube da proposta afetiva, lembrei de minhas três avós. Elas tiveram muitos netos e não tínhamos muitas condições, então, para dar o que comer a tanta criança, precisava ser algo que rendesse bastante. Por isso sempre tinha bolo de cenoura, brigadeiro e ambrosia na casa delas”, recorda.

A proposta apresentada seguiu todas as determinações do concurso e conquistou os jurados. Agora, a nova embaixadora da gastronomia sergipana afirma estar honrada por ser uma das representantes do estado na seletiva nacional. “Executei da melhor maneira possível e estou muito feliz com o resultado. Mas, agora, preciso me dedicar mais ainda para mostrar no Enchefs Nacional o que Sergipe tem de melhor”, acrescenta.

Categoria estudante

O estudante de gastronomia, Felipe Canez, foi o grande vencedor de sua categoria. O jovem, que já atua no ramo da culinária, busca na formação acadêmica a capacitação necessária para seguir na área.

Na grande final, ele apresentou o “Manjar dos Deuses”, com creme inglês, praliné de castanha e amendoim e calda de açúcar de coco e limão siciliano.

“Foi uma experiência muito bacana, porque adoro cozinhar. Já estou na área e, agora, concluindo a faculdade. O concurso foi mais uma forma de mostrar minhas habilidades e técnicas culinárias, e toda bagagem que adquiri aqui, levarei, com certeza, à prática profissional”, afirma.

Fonte: assessoria de imprensa

Comentários