Corpo de Bombeiros fiscaliza barracas de fogos

0

O Corpo de Bombeiros (CB) iniciou fiscalização nas barracas que comercializam fogos. Segundo o sargento Jesus, a maioria dos comerciantes já trabalhou nos anos anteriores e conhecem os procedimentos de segurança, contudo é necessário sempre estar fazendo as rondas para que não exista nenhuma irregularidade que possa vir causar um incêndio.

“Uma das nossas exigências é um extintor em cada barraca, mas já houve caso do comerciante estar com equipamento no local somente quando faríamos a fiscalização para entregar o alvará, por isso sempre passamos nos locais”, ressaltou.

Ele explicou que mesmo os comerciantes sabendo dos riscos muitas vezes, visando o lucro, acabam cometendo uma infração. “Estamos fazendo as fiscalizações na capital e também no interior, caso exista alguma irregularidade a ordem é de apreensão das mercadorias”, alertou ele, acrescentando que as diligências irão continuar até o mês de julho.

Para que um comerciante possua uma barraca de fogos é necessário que, além do espaço cedido pela prefeitura, possua uma autorização do CB. A equipe técnica dos Bombeiros faz uma vistoria do local e auxilia na demarcação e dimensões das barracas.

Segundo o sargento Jesus, existem alguns requisitos que o comerciante deve cumprir para receber seu alvará, como possuir um extintor próprio na barraca, não colocar tomadas de energia dentro do estabelecimento, a iluminação deve ser somente com lâmpadas incandescente, entre outros.

Quanto às dimensões da barraca, o sargento explicou que elas não podem ter mais que cinco metros quadrados e devem ter seis metros na lateral. “O alvará que entregamos, depois de toda a fiscalização feita, dá a possibilidade do comerciante ter até três mil quilos de fogos em sua barraca. E para esta quantidade é necessário que não exista residências numa área de 300 metros das barracas”, disse.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais