Debate sobre patrimônio aconteceu em S. Cristóvão

0

Evento teve como objetivo sensibilizar a população / Foto: Marcos Rodrigues (ASN)
Dentro das ações desenvolvidas pelo Governo do Estado para transformar a Praça São Francisco em Patrimônio da Humanidade, a Subsecretaria de Estado do Patrimônio Histórico e Cultural (Subpac), realizou no último sábado, 19, na Escola Estadual Dep. Elísio Carmelo, em São Cristóvão, uma mesa redonda com o objetivo de sensibilizar a população sobre a importância da candidatura, além de relatar os benefícios que o título poderá trazer para a cidade histórica. O tema do encontro foi “São Cristóvão, berço de Sergipe, Patrimônio da Humanidade”.

Participaram da realização o subsecretário Luiz Alberto dos Santos, o professor Thiago Fragata, da Comissão Pró Candidatura de São Cristóvão a Patrimônio Histórico, e Terezinha Oliva, Superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Sergipe (Iphan/SE). E debate também contou com professores da rede publica e privada da cidade de São Cristóvão e alunos de faculdades e universidades em Sergipe.

Segundo a assessora de educação patrimonial da Subpac, Maíra Ielena Cerqueira Nascimento, o público se mostrou bastante participativo nas discussões. “As perguntas mais freqüentes eram sobre a geração de renda, o incremento do turismo, os órgãos envolvidos e o reconhecimento mundial que o patrimônio sergipano conquistará”, relatou.

O prazo para cumprimento dos critérios vai até dezembro. Em janeiro de 2010, uma delegação da Unesco chega a Sergipe para visitar São Cristovão e verificar as obras. Já no mês de julho, o projeto será apreciado pelo Comitê do Patrimônio Mundial, em reunião a ser realizada no Ministério da Cultura, em Brasília, que julgará o centro histórico de São Cristóvão.

Comentários