Diogo Nogueira e Margareth Menezes cantam dia 31/12

0

O sambista Diogo Nogueira vai cantar no show da virada (Fotos: Divulgação)
Dois dos principais nomes da música popular brasileira estão escalados para animar o Réveillon 2011 promovido pela Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA). O sambista Diogo Nogueira e a baiana Margareth Menezes vão saudar a chegada do ano novo na Orla de Atalaia, onde são esperadas mais de 150 mil pessoas.

A festa, que acontece a partir das 21h do dia 31 de dezembro, promete ser animada. Além das duas atrações principais, que trarão ao palco ritmos contagiantes e tipicamente brasileiros, animam a noite da virada a banda sergipana A Fábrica e os DJs Kaska, Lukinhas e Versiane.

A estrutura terá um palco duplo, montado na areia da praia, em frente à Passarela do Caranguejo, além de sistemas de sonorização e iluminação de ponta. A festa vai contar ainda com a Tenda Mix, onde os DJs irão comandar as pickups.

Haverá também telões, camarins, camarote, banheiros químicos, praça de alimentação, postos de apoio do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e da Polícia Militar. A chegada de 2011 será marcada por uma queima de fogos com duração de 15 minutos.

Margareth Menezes também vai agitar o ano novo dos aracajuanos
Samba

Diogo Nogueira traz sua voz harmoniosa e toda a sua simpatia para comemorar a chegada de 2011 junto com aracajuanos e turistas. Atualmente trabalhando na divulgação do disco ‘Tô Fazendo a Minha Parte”, lançado em 2009, ele faz parte da nova geração do samba brasileiro.

Filho do cantor e compositor João Nogueira, o sambista de 29 anos já lançou três discos autorais e tem várias participações em trabalhos e trilhas sonoras de novelas, coletâneas de samba, no álbum de 40 anos de carreira de Beth Carvalho e no álbum que homenageia seu pai.

Axé

A cantora Margareth Menezes é uma antiga conhecida dos sergipanos. Há anos, ela participa com frequência de eventos na capital e sempre encanta os foliões do Pré-Caju ao comandar o bloco da pipoca, da PMA. Este ano, depois de ter rodado o mundo fazendo shows na África do Sul, durante da Copa do Mundo, e em Nova Iorque, no Brazilian Day, ela traz toda a sua força e presença de palco para o Réveillon de Aracaju.

De Elegibô a Dandalunda, Margareth garante sempre um repertório com ritmos bem brasileiros e que marcaram história da música nacional. Com seu décimo quarto álbum, intitulado ‘Naturalmente”, ela vem sempre renovando uma carreira que há muito se consolidou.

Fonte: PMA

Comentários