Diversidade e resistência marcam Festival de Arte de São Cristovão

0
A criançada e também os adultos se divertem com o Mamulengo de Cheiroso (Fotos: Portal Infonet)

A diversidade e manifestações de resistência à opressão política invadem as ruas da 4ª cidade mais antiga do país, a pequena São Cristovão, localizada na região metropolitana de Sergipe, que também já foi a capital do estado. A cidade está respirando cultura neste fim de semana prolongado, a partir do feriado dedicado à Proclamação da República, com a 36a edição do Festival de Artes (Fasc). Com o tema “Resistir para Existir”, o festival conta com uma extensa programação, que chama a atenção de crianças, jovens e adultos. O Fasc será encerrado no domingo, 17, envolvendo música, cinema, literatura e cultura popular.

Artesã divulga o trabalho e colhe bons frutos

As manifestações culturais sempre começam às tardes, momento em que os cortejos invadem as ruas da cidade, com destaque também para os espetáculos teatrais, exposições diversificadas, cinema e variados estilos musicais, que passeiam pelo popular ao rock. Uma interatividade infindável, marcada pela troca de experiências entre os próprios artistas e a comunidade. Um evento que marca o calendário cultural de Sergipe e que também movimenta a economia local e incentiva o mercado paralelo de artes.

Mariene de Castro: o samba pela voz da Bahia

Artesã, natural de Maceió, Maria dos Santos vê o Fasc como grande fomento para o seu trabalho. É o segundo ano que ela participa, expondo e vendendo sua arte nas ruas de São Cristovão, com resultados satisfatórios. “Muito bom para expor, para o comércio e também para assistir aos shows à noite”, comenta. O fotógrafo Dionisson Santos nasceu em Nossa Senhora do Socorro, em Sergipe, e tem o Fasc como ponto de referência para expandir o seu trabalho. “Para minha vivência é incrível”, resume.

Programação

Sábado – 16 de novembro

Palco João Bebe Água (Praça São Francisco)
18h – Banda dos Corações Partidos
19h20 – Axanti
21h – Gilberto Gil
23h – Cordel do Fogo Encantado
01h – Naurêa

Dionisson: vivência incrível

Palco Frei Santana Cecília (Praça do Carmo)
19h Sandyalê
21h Trakinagem
23h Joba & Forró Rala Coxa
01h DJ Grau

Salão de Literatura José Augusto Garcez (Salão Paroquial Matriz)
14h – 18h Lançamentos e venda de livros Segrase e sorteios de livros da EDUFS
Feira da Prensa “Cordel e Imprensa Alternativa”
14h “Sistere” – Sarau e recital de poesia com Alberto Nunes
14h30 Palestra “Literatura Palestina de Resistência” com Profª Dr. Ahmed Hussein El Zoghbi (UFS)
15h – “Respeito também é magia: Usando a literatura Fanstástica para discutir o Brasil” com a escritora Renata Brasil com mediação de Flávia Santana
16h – A biblioteca e a leitura como instrumento para a liberdade intelectual e cultural das internas do presídio feminino PREFEM com Raquel Gonçalves e Profª Drª Germana de Araújo
17h – Palestra “Literatura Palestina de Resistência” com Prof. Ahmed Hussein El Zoghi (UFS)

Burundanga Percussivo agitou o final das atividades na sexta-feira

Igreja do Rosário dos Homens Pardos
18h – Jazzlação Premiada
19h30 – Coral Vozes da Vitória

Cine Trianon (Teatro Elic)
14h – 1ª Mostra Curta-SE Festivalzinho – Acessibilidade – 52’
15h – 1ª Mostra Retrô Premiados Curta-SE – Iberoamericanos – 110’ – 12 anos
16h50 – 1ª Mostra Curta-SE de Longa Metragem – 93’ – 14 anos

Salão de Artes Visuais Vesta Vianna (Vigário Barroso)
14h – Abertura do salão
14h30 FASC Convida: fotógrafa Victória Steffany de Araújo (exposição Autoras)
16h – Oficina de desenho Arte Bic com o artista Milton Coelho
17h30 – Artista e a Cidade – Desafios do Artista Contemporâneo e o meio onde produz – Roda de conversa com os artistas expositores

Silvério Pessoa: a diversidade no palco alternativo

Palco Mariano Antônio (Largo da Matriz)
15h Teatro de Bonecos Mamulengo de Cheiroso – Espetáculo “Vitalina Tira Pó”
16h30 Cia. De Dança Nu Tempo – “Lembranças de uma época”
17h40 – A Tua Lona – Espetáculo “Vai dar cacho na cabeça do bebê, mainha”?
19h – Academia Sodança – Espetáculo “Renascer”

Beco do Amor
15h – Dudu Prudente e Projeto Passe
16h30 – Madame Javali
18h – Paulinho Acústico

Cortejos pelas ruas do Centro Histórico (concentração na Igreja dos Rosários dos Homens Pardos)
14h – Samba de Côco da Ilha Grande
14h30 – Chegança Feminina AMI de São Cristóvão
15h – Taieiras de São Cristóvão
15h30 – Maracatu Asé dOri
16h – Batalá

Espaço Doca (Colégio Gina Franco)
Das 14h-18h
– Oficinas
– Exposições de artistas
– Feira de trocas
– Feira de Vinil
– Slam de poesia
– Batalha de tag
– Sarau
– Flash Day
– Dj Rafa Aragão, Dj Lucas Couto e Dj Grau

Domingo – 17/11

Palco João Bebe Água (Praça São Francisco)
18h – Coletivo Selváticos
20h – N’Gan Daya
22h – Dezarie (Ilhas Virgens)
00h – Àttøøxxá

Palco Frei Santana Cecília (Praça do Carmo)
17h – Alex Sant’ Anna
19h – Isis Broken
21h – Liniker e os Caramelows
23h – Oxalufã

Salão de literatura José Augusto Garcez (salão paroquial Matriz)
14h – 18h Lançamentos e venda de livros Segrase e sorteios de livros da EDUFS
Feira da Prensa “Cordel e Imprensa Alternativa”
14h “Literatura e Identidade Cultural: Caminhos por São Cristóvão” com Academia Sancristovense de Letras
15h – Mesa redonda: “Sergipanidade e Baianidade: antropofagias culturais afins” – Paloma Amado, Clóvis Barbosa, Carlos Pina, Gilfrancisco, Mediação – Luiz Eduardo Oliva
17h – Cantando o Cordel “O Marco do Vem das Nuvens” com Eduardo Teles

Igreja do Rosário dos Homens Pretos
18h – Orquestra Jovem IMS
19h30 – Dissonantes

Cine Trianon (Teatro Elic)
14h – 2ª Mostra Curta-SE Festivalzinho – 68’ – Livre
15h – 2ª Mostra Retrô Premiados Curta-SE – Sergipanos 90’
17h – Mostra Curta-SE de Longa Metragem

Salão de Artes Visuais Viesta Vianna (Vigário Barroso)
14h Abertura do salão
14h30 FASC Convida: Artista plástico Rafael Estranho
16h – Oficina de desenho com Cauê Mathias
17h – Fasc Convida: “Produção e Resistência” com Shiko, Quinho, e Alex Bispo.

Palco Mariano Antônio (Largo da Matriz)
15h Imbuaça – Espetáculo “A Farsa dos Opostos”
16h30 Grupo Romanceiro “O Rabicho da Geralda”
18h Espaço Formas Escola de Dança – Espetáculo “Fragmentos”

Beco do Amor
14h – Bruxas do Cangaço Convidam – Batalha de Slam
15h – Usina Sound
16h30 – Taco de Golfe
18h – Pseudobanda e O Inferno Coletivo

Cortejos pelas ruas do Centro Histórico (concentração na Igreja do Rosário dos Homens Pardos)
14h – Reisado Senhor dos Passos
15h – Samba de Coco da Paz
16h – Afoxé di Preto

Espaço Doca (Colégio Gina Franco)
Das 14h-18h
– Oficinas
– Exposições de artistas
– Feira de trocas
– Feira de Vinil
– Slam de poesia
– Batalha de tag
– Sarau
– Flash Day
– Dj Rafa Aragão, Dj Lucas Couto e Dj Grau

por Cassia Santana

Comentários