Escritora sergipana lança livro sobre dores e silêncios do cotidiano

0
Capa do novo livro ‘O Sol dos Dias’

A escritora sergipana Taylane Cruz já se prepara para o lançamento do seu novo livro intitulado O Sol dos Dias (Editora Penalux). O livro, disponível para os leitores a partir de 15 de dezembro, terá lançamento online devido à pandemia da covid-19.

Em sua nova produção literária, Taylane apresenta 19 contos que trazem uma atmosfera quase mágica do cotidiano, aprofundando dores e epifanias das personagens. Em um trecho da apresentação do livro, a professora Maruze Reis diz: “Taylane, com sua escrita solar, é capaz de jogar luz sobre assuntos delicados e doloridos de uma forma a torná-los contundentes, menos pelo punhal que fere e mais pelo amor que habita em todas as coisas.”

Durante os contos, a escritora toca os silêncios das personagens, silêncios que aos poucos vão se abrindo, desabrochando hora pelo toque amoroso, hora pelo toque da violência humana.

Para Taylane, a literatura é uma forma de salvação e ajuda na construção de novos mundos pois lida com uma matéria-prima essencial: a imaginação. “A imaginação me educa a reparar, refazer, costurar e escrutinar sem medo o coração humano. Fazer sua anamnese e, sem susto, descobrir: Todo coração possui uma brecha, o difícil é encontrar”.

Lançamento

A primeira live de lançamento acontece dia 15 de dezembro, às 19h, através do perfil da autora no Instagram (@taylanecrux) em parceria com o perfil @amantesporlivros. O lançamento via Google Meet acontece dia 19/12, às 19h30, com um bate-papo com a autora sobre o processo de escrita do livro e leitura de contos. Para participar, basta enviar e-mail para taylanecrux@gmail.com solicitando link.

O livro estará à venda no site da Editora Penalux, Amazon, Submarino, Lojas Americanas, Livraria Escariz e com a autora.

A autora 

Escritora sergipana Taylane Cruz. (Foto: Pritty Reis)

Natural de Aracaju, Taylane cresceu no município de Capela. Formada em jornalismo pela Universidade Federal de Sergipe, é assessora de comunicação da Mostra de Cinema Negro de Sergipe – EGBÉ, e do Festival Sergipe de Audiovisual – Sercine. Criadora do projeto Entre a pele e a palavra – vivenciando a escrita de autoras negras. Atua ainda dando palestras e oficinas de escrita criativa.

Seu primeiro livro, lançado em 2015, foi muito bem recebido, tendo como boas-vindas as palavras do escritor Antônio Carlos Vian que, à época, escreveu: “…o território que Taylane percorre é o dos sentimentos, o amor sobretudo, com toques claricianos mas sem ser um simples eco da autora de “Laços de família”. As histórias se desenvolvem parece que sozinhas, o que lhes dá um toque de verdade. Os finais nunca são mirabolantes, são simples, naturais… O conto ganha uma nova e boa companhia”.

Taylane lançou seu segundo livro (A pele das coisas – Editora Multifoco) em Aracaju e Minas Gerais, durante o Fliaraxá, onde foi autora convidada ao lado de nomes como Conceição Evaristo, Marina Colassanti, Antônio Torres, Maria Valéria Rezende entre outros.

Em 2020, foi a autora sergipana convidada para o circuito de autores Arte da Palavra, do SESC. O circuito literário, considerado o maior do país, leva autores de todos os estados para uma temporada de encontros ao redor do Brasil.

Fonte: Assessoria

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais