Fotógrafo faz homenagem ao jornalista Cleomar Brandi

0

Fotos que serão expostas (Divulgação)

O repórter-fotográfico  Acrísio Siqueira vai realizar no próximo dia 17 de julho, uma exposição intitulada 'Labirinto de Formas' em homenagem ao jornalista Cleomar Brandi. Evento será a partir das 18h no Café do Museu da Gente Sergipana, no dia em que completará um ano de morte do jornalista baiano radicado em Sergipe.

De acordo com Acrísio Siqueira, sempre que fazia um trabalho mais jornalístico, enviava as fotos para Cleomar Brandi. “E antes de o material ser publicado, era Cleomar Brandi quem colocava o texto poético. Como na terça-feira, 17, faz um ano que ele nos deixou, eu resolvi reunir todo o material e fazer uma homenagem”, destaca.

Perfil

"Como um beduíno urbano, o homem recolhe o resto do festim da cidade" (Legenda de Cleomar)

Há 50 anos nascia em Aracaju Acrisio Siqueira Neto, revelando-se aos 15 anos um apaixonado por fotografia. Fez dos retratos o seu trabalho, passando pelas fotografias artísticas e jornalísticas. Atualmente é prestigiado por toda a sociedade sergipana.

Na adolescência com a máquina fotográfica de seu pai, a conhecida e amadora Olimpus Trip, enquanto terminava seus estudos, começou a registrar imagens diversas, inclusive em eventos sem cobrar um centavo por isso. Após o vestibular tendo que buscar a sua independência financeira e já com várias solicitações de cobertura em eventos resolveu trabalhar profissionalmente, cobrando assim, pelas fotografias.

Já com uma máquina fotográfica profissional na mão, uma Olimpus OM-10, começou a ser chamado para cobrir grandes acontecimentos. Percebendo a necessidade de atender seus clientes, entre eles inúmeras empresas, com maior comodidade, montou seu primeiro estúdio na rua São Cristóvão, o Studio 35mm.

Acrísio Siqueira fará uma homenagem ao jornalista…

… Cleomar Brandi

No campo jornalístico seu ingresso foi através de grandes jornalistas, trabalhando como repórter fotográfico, colaborador e free-lance dos jornais sergipanos e em diversos órgãos públicos como no Palácio do governo, na Procuradoria Geral do Estado, no Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe, entre outros. Com o objetivo de conhecer outras áreas, tipo filmagens, trabalhou como cinegrafista, na imprensa Sergipana nunca deixando o Acrisio Fotógrafo de lado, e voltando logo às origens.

Durante todos esses anos recebeu vários prêmios e fez vários cursos com fotógrafos renomados, como por exemplo, o americano Dean Collins e o brasileiro Klaus Miterdolf.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais