Homenagens marcam abertura do Cinquentenário de Araripe Coutinho

0

Diversas homenagens marcaram a abertura das comemorações do Cinquentenário do poeta Araripe Coutinho. A solenidade foi realizada na noite desta quinta-feira, 13, data em que o artista completaria 50 anos.

A iniciativa de homenagear Araripe Coutinho partiu da cantora Amorosa, que se juntou a outros amigos e também admiradores do poeta, para criar uma grande homenagem.

A celebração do cinquentenário se estenderá por 2019. Haverá o lançamento de uma grande exposição em homenagem a Araripe Coutinho, a exibição de um documentário, um concurso literário e o lançamento de um selo especia dos Correios.

O ator Ivo Adnil, que encenou diversas peças cujos enredos foram adaptados das obras do artista, conta que as homenagens à Araripe mantêm a sua história viva entre nós. “Ele deixou um legado imenso e enquanto eu viver, vou fazer intervenções porque Araripe foi um grande escritor sergipano. Toda e qualquer homenagem será pequena diante das reflexões que ele nos deixou a respeito de gênero, religiosidade, cultura, afetos e desafetos”, opina.

O ator Ivo Adnil, que encenou diversas peças cujos enredos foram adaptados das obras do artista, conta que as homenagens à Araripe mantêm a sua história viva entre nós. “Ele deixou um legado imenso e enquanto eu viver, vou fazer intervenções porque Araripe foi um grande escritor sergipano. Toda e qualquer homenagem será pequena diante das reflexões que ele nos deixou a respeito de gênero, religiosidade, cultura, afetos e desafetos”, opina.

Por Verlane Estácio

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais