Hotéis e pousadas de Aracaju lotados

0

A hotelaria é um dos 70 setores da cadeia produtiva da economia movimentado pelo Pré-
Caju. E os donos de hotéis e pousadas da capital não têm do que reclamar. Em alguns
estabelecimentos a ocupação nesses quatro dias de festa chega a 100%. Os que não lotaram
estão com mais de 80% dos leitos ocupados.

Em um dos maiores hotéis da orla da Atalaia, o gerente Miguel Francisco conta que a ocupação vem muito boa desde o Revéillon. “Da segunda semana de janeiro até o Carnaval, sem dúvida, é o melhor período para o setor hoteleiro de Aracaju”, informa o gerente.

E a ocupação do hotel onde Miguel Francisco trabalha não conta com a hospedagem de bandas
que vieram tocar no Pré-Caju. “São todos turistas, principalmente do Sul do país. Temos vários grupos do interior de São Paulo, Minas Gerais, Curitiba e alguns do Rio de Janeiro. O mercado da Bahia, que era prioritário, este ano não chegou a 20% das reservas”, acrescenta.

O presidente da seção sergipana da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH -, Luiz Simões, pretende fazer uma pesquisa para traçar o perfil do turista que chega à cidade no período do Pré-Caju. “É difícil dizer que os hotéis estão lotados só por causa do Pré-Caju porque estamos na alta estação. Mas é claro que a festa já é um dos maiores eventos do Estado”, explica Simões.

Por Janaina Cruz

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais