Inscrições abertas para oficinas de teatro e circo

0

Casa da Cultura sediará oficinas por quatro meses (Foto: Divulgação)
Levar arte e diversão a um público cada vez maior é a proposta do “Projeto Acesso”, idealizado pela Companhia de Teatro Stultífera Navis e patrocinado pela Prefeitura de Aracaju, através da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esporte (Funcaju). Por meio do projeto, serão realizadas, a partir do dia 9 de agosto, na Casa Rua da Cultura, oficinas de teatro e circo para adultos e crianças.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas na Casa Rua da Cultura, localizada na Praça Camerino, 210, Centro. A taxa de inscrição custa R$ 15 e vale pelos quatro meses de duração das oficinas. Além de efetuar o pagamento , os interessados devem apresentar a carteira de identidade e o CPF para fazer a inscrição. Crianças que não possuírem a documentação exigida, podem se inscrever com uma declaração assinada pelo responsável.

O projeto Acesso, que existe há três anos, tem como instrutores membros da Companhia Stultífera Navis. A atriz Júlia Cainara e Lindemberg Monteiro, diretor da Casa Rua da Cultura, irão atuar como professores da oficina de teatro. Já as aulas de circo ficarão sob a supervisão dela e do ator Roney David.

Oficinas

Nas oficinas de circo, voltadas para pessoas a partir dos 12 anos, são ensinadas técnicas de tecido acrobático e trapézio. As aulas acontecem às terças e quintas-feiras, das 14h às 16h. Já a oficina de teatro na modalidade infantil, direcionada a crianças que possuem entre 8 e 14 anos, acontecem às segundas e quartas-feiras, também das 14h às 16h.

Alunos com mais de 15 anos poderão participar da oficina de teatro adulto, que acontece às segundas e quartas, e às terças e quintas-feiras, das 18h às 20h.

Conteúdo

Nas oficinas, os alunos recebem noções de interpretação de texto, técnicas de vocalização, leitura dramática, encenação e improviso. Ao final dos quatro meses de aulas, haverá a entrega de certificados e uma apresentação com os formandos na Sala Sergipana de Espetáculos da Casa Rua da Cultura.

Comentários