Jornalistas comemoram dia da Imprensa dançando forró

0

Quase todo mundo que está na Casa de Forró Cariri esta noite, daqui a pouco tem quem pular da cama e seguir uma rotina bem parecida com a de outros colegas de profissão: ouvir rádio, ler os jornais, navegar pela internet, ou seja, sair em busca da notícia. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de Sergipe (Sindijor/SE) foi o responsável pela “reunião” da categoria no Forró da Imprensa.

 

Segundo o presidente do Sindijor, Cristian Góes, há quatro anos o forró não era realizado. “Quando assumimos, a categoria cobrou. Mas o sindicato não tinha dinheiro para bancar esse encontro. Então, formamos uma comissão, que foi fundamental para a realização dessa festa hoje”, elogiou Cristian.

 

A comissão, formada pelos jornalistas Pedro Carregosa, Elisângela Valença e Carla Passos, conseguiu o apoio do proprietário do Cariri, Hamilton de Santana, que vendeu à categoria o ingresso a R$ 3,00, quando normalmente é cobrado R$ 15 para a entrada na Casa de Forró. Hamilton também bancou as atrações: Trio Cariri e Passarada do Ritmo.

 

Cristian lembra ainda que os colegas de profissão que trabalham em diferentes veículos acabam se encontrando somente em entrevistas coletivas. “Como o jornalista sempre trabalha em mais de um lugar, muitos acabam sem tempo de sair. Esse tipo de evento que realizamos hoje é importante porque todo mundo se encontra e também traz a família”, enfatizou.

 

COINCIDÊNCIA – A princípio, a comissão pediu que o forró fosse realizado em meados de junho, mas a única data que o Cariri tinha disponível era justamente o dia 1º, quando se comemora o Dia Nacional da Imprensa. “Apesar de ser uma quarta-feira, muitos colegas compareceram e a festa foi um sucesso”, disse Carla Passos.

 

Já o sub-coordenador de um dos projetos da Missão Criança, Cléber Pinheiro, falou que nada mais oportuno comemorar uma data tão importante para a categoria ao som do bom forró. “Gosto de acompanhar minha namorada às festas do sindicato porque são sempre muito organizadas e animadas”, completou.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais