Lei Aldir Blanc: obras audiovisuais serão premiadas em Aracaju

0
Presidente da Funcaju, Luciano Correia (Foto: André Moreira)

O programa de editais ‘Janela para as Artes’, lançado pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), contempla o segmento Audiovisual, entre outras categorias do fazer artístico. As inscrições seguem abertas até o dia 12 de novembro e, no total, serão mais de R$3 milhões em prêmios, distribuídos entre todas as modalidades do edital, sendo que a de Audiovisual disponibilizará R$500 mil do montante.

Ao todo, são oito modalidades abarcadas no Janelas. A de Audiovisual contemplará obras em quatro eixos: difusão; novas produções; formação, pesquisa e informação; festivais, feiras e mostras. A contrapartida dos candidatos que se inscreverem em Audiovisual é que a execução e implementação dos projetos vencedores fiquem à disposição da população, gratuitamente. “Acredito que os produtores e realizadores dessa cadeia não vão perder essa oportunidade rara de acessar esses recursos e fazer desse momento uma retomada do campo do audiovisual em Aracaju”, destaca o presidente da Funcaju, Luciano Correia.

Com esse montante, a modalidade se coloca entre as modalidades de maior cifra de repasse. O foco em Audiovisual é premiar as produções de formação e capacitação; pesquisa; festivais; feiras e mostras; licenciamento, finalização e distribuição de obras; além de roteirização e produções de videoclipes, curta-metragem, webséries, novas produções artísticas, entre outras.

“Serão investidos 500 mil reais da Lei Aldir Blanc no setor do audiovisual, inclusive, com recursos previstos para trabalhos de fôlego, de média duração, até os projetos mais simples, usando suportes como o celular”, reforça Luciano.

Poderão se inscrever nesta categoria pessoas físicas acima de 18 anos, residentes e domiciliadas em Aracaju e com atuação no campo artístico-cultural há, pelo menos, dois anos. Pessoa Jurídica também pode se inscrever.

A verba usada para as premiações do “Janelas para as Artes” faz parte do auxílio emergencial do governo federal, destinado ao setor cultural, a fim de ser usado durante o período de calamidade pública decretado pela União. O repasse é regulamentado pela lei federal Aldir Blanc.

Mais detalhes podem ser acessados através do site www.aldirblancaju.art.br ou pelos telefones (79) 3179-3685/ 3179-3695.

 

Fonte: AAN 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais