Li e Recomendo – Vovó Nagô e Papai Branco

0

Dijna Torres, jornalista e mestranda em Antropologia (Foto: Portal Infonet)

A dica de livro do Li e Recomendo desta semana é da jornalista e mestranda em Antropologia pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) Díjna Torres. A obra indicada por ela é ‘Vovó Nagô e Papai Branco – Usos e abusos da África no Brasil’, da escritora sergipana Beatriz Góis Dantas. Díjna explica que este é um excelente livro para todas as pessoas que se interessam por religiões, em especial as brasileiras.

“Além de ser muito interessante a autoria é de uma sergipana de bastante prestígio e renome internacional. O livro oferece uma abordagem detalhada de um terreiro Nagô em Laranjeiras que é muito característico. Além disso, a obras faz uma abordagem histórica desse movimento em Sergipe, fazendo contrapontos com outros terreiros”, resume a jornalista.

Obra: Vovó Nagô e Papai Branco

Autor: Beatriz Góis Dantas

Editora: Paz e Terra

Sinopse: Neste livro desmistificador, polêmico e iconoclasta, a autora mostra que a configuração das
religiões afro-brasileiras se dá no confronto das posições ideológicas dos vários atores sociais: senhores, escravos, políticos, policiais, poderosos homens de negócio, padres, pais e mães-de-santo, psiquiatras etc.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais