Mestre de Laranjeiras irá palestrar na Espanha

0

José Ronaldo de Menezes (Foto: Assessoria de Comunicação)

O município de Laranjeiras é conhecido pelos sergipanos como o berço da cultura popular; as danças, folguedos e crendices populares se destacam de modo peculiar, através de um povo que conhece e valoriza as tradições que refletem, interpretam, e até se reinventam os costumes e as origens das comunidades onde surgiram. É por conta desse destaque da Cultura popular que o mestre da Chegança e dos Lambe-sujos, José Ronaldo de Menezes (Zé Rolinha), está embarcando no próximo sábado, (12), rumo à Espanha, onde irá ministrar palestra para estudantes e pesquisadores da Universidad de Alicante, durante um seminário sobre tradições folclóricas brasileiras.

Além de ministrar palestra, o ilustre ícone da cultura popular, deve encontrar e trocar experiências com os coordenadores das tradicionais festas de Mouros e Cristãos, celebradas em Valência neste mês de maio. Segundo o mestre Zé Rolinha, este é o reconhecimento de um trabalho desenvolvido ao longo da história.

“É uma grande satisfação poder representar Laranjeiras e Sergipe em um evento tão importante fora das fronteiras brasileiras. Além disso, vou até a Espanha mostrar às novas gerações de europeus uma cultura que veio de lá mesmo (caso da Chegança), uma manifestação centenária que se mantém viva em Laranjeiras. Portanto, este é o reconhecimento de um trabalho desenvolvido ao longo da minha história”, disse.

Zé Rolinha aproveita este momento também para destacar o apoio que vem recebendo da Prefeitura de Laranjeiras. “A atual administração de Laranjeiras vem promovendo grandes transformações positivas no que diz respeito ao incentivo à cultura e às manifestações folclóricas. Não é à-toa que a cidade hoje ganha o título de Capital da Cultura Popular. Isto não veio por acaso, mas, sim, através do diálogo e de um trabalho executado em parceria com os mestres e os 23 grupos folclóricos existentes na cidade. O Governo de Sergipe também é um grande parceiro nesta luta. Foi através do edital de intercâmbio e difusão cultural, que, no próximo sábado, estou viajando à Espanha. Só tenho a agradecer o empenho de cada um”, ressaltou, acrescentando ainda que a doutoranda Bárbara Lito também é fundamental.

Investimentos em Cultura – Para garantir a tradicionalidade dos eventos, a prefeitura de Laranjeiras não mede esforços no sentido de proporcionar a todos os brincantes a infraestrutura necessária para produzir e divulgar a expressão cultural da cidade. Tudo é devidamente pensado e planejado antecipadamente, e o resultado final é bastante positivo, principalmente pela grande quantidade de turistas que visitam o município, como também a satisfação e alegria dos laranjeirenses em participar desses eventos culturais.

Assim, algumas manifestações folclóricas como o Reisado, o Guerreiro, o Cacumbi, a Taieira, o Samba de Pareia, o São Gonçalo, o Batalhão de São João, a Chegança, os Penitentes, os Lambe-Sujos e Caboclinhos e o Micareme já são conhecidos por sergipanos e milhares de turistas que visitam Laranjeiras durante os tradicionais eventos, que já entraram para o calendário turístico e cultural de Sergipe.

Entre os investimentos, se destacam a criação da Lei dos Mestres, a elaboração do Plano Municipal de Cultura, que vai vigorar por dez anos, as grandes obras de restauração de casarios e antigos prédios públicos, como o Bureaux de Informações Turísticas, a construção do Centro de Artesanato, José Monteiro Sobral e tantos outros.

Na avaliação do Secretário Municipal de Cultura, Irineu Fontes, a intenção da prefeita Ione Sobral é incentivar o desenvolvimento sustentável da população. “Com os grupos folclóricos não foi diferente, hoje, através dos investimentos realizados, eles estão mais independentes, assim como, nós gestores também estamos estabelecendo mais diálogo. Portanto, através dos investimentos realizados já é possível notar uma melhoria significativa na estrutura e organização dos grupos folclóricos e dos eventos culturais. São medidas que estão fazendo a diferença e resgatando a história e a cultura de um povo”, frisou o secretário.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais