Missa e shows vão marcar os 30 anos da morte de Luiz Gonzaga

0
A “Missa do Gonzagão” será celebrada pelo padre Marcelo Conceição(Foto: Funcap)

Nesta próxima sexta-feira, 02 de agosto, todo o Nordeste celebra o aniversário da morte de Luiz Gonzaga, o maior sanfoneiro do Brasil e principal divulgador da cultura nordestina.

Na capital sergipana, a Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe promove no Complexo Cultural Gonzagão, uma missa celebrativa que inclui elementos da cultura sertaneja tão bem divulgada na obra do grande mestre O evento está marcado para as 19h30 e tem entrada franca.

A “Missa do Gonzagão” será celebrada pelo padre Marcelo Conceição e contará com a participação do cantor e compositor Antônio Carlos Du Aracaju, que cantará as músicas que Gonzaga compôs homenageando o Sagrado, destacando o repertório da Missa.

A programação também irá contar com a apresentação da quadrilha junina São Bento caracterizada pela sua opção em destacar temas religiosos, que irá brindar o público  dançando temas que consagraram a música do sanfoneiro. Além de Antônio Carlos Du Aracaju, também participarão do Viva Gonzaga os artistas sergipanos: Lucas Campelo, Cebolinha e Forró Biss, Evanilson Vieira, Bob Lélis, André Aragão, Emerson Olivier e tantos outros que inspiraram suas carreiras na obra de Luiz Gonzaga.

Sobre o homenageado

Luiz Gonzaga do Nascimento, popularmente conhecido como Luiz Gonzaga, é um dos nomes mais importantes da história da música popular brasileira. O cantor pernambucano ficou marcado por mostrar ao Brasil ritmos, até então, pouco expressivos, como o baião, o xote e o xaxado. Sempre acompanhado de uma sanfona e um triângulo, abordava em suas músicas o sofrimento do povo que habita o sertão nordestino.

Fonte: Funcap/SE

Comentários