Municípios de SE anunciam suspensão da folia e rigor na fiscalização

0
Festejos e bloquinhos estão proibidos (Foto: Barroso Foto e Vídeo)

Os municípios de Sergipe que, tradicionalmente, têm um alta procura durante o período de carnaval confirmaram ao Portal Infonet a suspensão dos festejos carnavalescos e aumento no rigor da fiscalização para coibir qualquer evento que gere aglomeração. São eles: Barra dos Coqueiros, Estância, Neópolis, São Cristóvão e Pirambu.

De acordo com as assessorias desses municípios, está proibido durante o período de Carnaval, qualquer festejo, a exemplo dos populares ‘bloquinhos’, que possam gerar aglomerações. O intuito é evitar a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

Veja abaixo como fica a situação em cada cidade:

Barra dos Coqueiros 

Na cidade de Barra dos Coqueiros, que pertence a chamada ‘Grande Aracaju’, a Administração Municipal informou que não haverá ponto facultativo nos órgãos públicos municipais, havendo expediente normal durante o período de carnaval. Ainda de acordo com a Assessoria de Comunicação, não será permitido o uso de paredões de som ou qualquer outro aparelho sonoro nos espaços públicos, nem mesmo em calçadas e áreas externas ao imóveis.

Fica proibido também a instalação de barracas, toldos ou qualquer outra cobertura nos passeios públicos (calçada). “As comemorações particulares, no interior de residências, deverão respeitar o limite de 50 pessoas para ambientes fechados e 75 aos espaços abertos, devendo ser de ordem familiar, não sendo permitido eventos para atrair público em geral, com ou sem cobrança de ingressos, observadas as limitações de 75% de lotação e distanciamento entre os participantes”, salienta a Administração Municipal.

Estância

Em Estância, a Secretária de Comunicação da cidade, Layse Sobral, informou ao Portal  que as festividades carnavalescas estão suspensas em toda cidade e também na região litorânea. “Já comunicamos a todos da cidade. Não será permitido nenhuma aglomeração na aérea urbana e também em locais que têm uma tradição de reunião de pessoas, como a Praia do Abaís e a Praia do Saco”, afirma Layse.

Ainda segundo ela, durante todo o período de Carnaval, o município irá contar com uma Força Tarefa para fiscalização tanto na zona urbana, quanto na região litorânea. “Estaremos trabalhando em conjunto com a Polícia Militar, Vigilância Sanitária, e demais órgãos”, afirma.

Neópolis 

Conhecido no Carnaval como um dos principais sinônimos da folia, o município de Neópolis confirmou nesta quinta-feira, 11, que todos os eventos carnavalescos, a exemplo do tradicional bloco do ‘Zé Pereira’, estão cancelados. As polícias Civil e Militar farão a fiscalização a fim de coibir qualquer festejo carnavalesco.

De acordo com a Assessoria de Comunicação, a cidade seguirá as recomendações do Ministério Público de Sergipe (MP/SE), que orientou a proibição de festas e eventos carnavalescos em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

São Cristóvão

A Assessoria de Comunicação da cidade informou que o prefeito Marcos Santana (MDB) baixou um decreto suspendendo o ponto facultativo entre os dias 15 e 17 de fevereiro, mantendo, assim, o expediente normal nas repartições públicas do Poder Executivo municipal.

Ainda segundo o texto do decreto, fica proibido no período de 12 a 21 de fevereiro, a realização de comemorações e festividades relacionadas ao Carnaval, incluídas confraternizações, eventos festivos, blocos, prévias carnavalescas, apresentações musicais, shows e similares, com ou sem comercialização de ingressos, em ambientes públicos ou privados de uso comum, a exemplo de ruas, avenidas, praças, parques, clubes sociais, centros recreativos e culturais, bares, restaurantes e similares.

Por fim, a administração municipal afirma que o descumprimento do decreto é considerado infração administrativa, bem como infração penal (crime) tipificada no art. 268 do Código Penal.

Pirambu

Na cidade de Pirambu, a administração municipal fiz que ficou definido que mais de 250 policiais militares estarão trabalhando no município no período de Carnaval, incluindo BPRV, Getan, Força Tática, equipes operacionais do 9º Batalhão e todo o suporte da Guarda Municipal. O objetivo é coibir quaisquer festas carnavalescas, que seguem proibidas.

Ainda de acordo com a Assessoria de Comunicação, a partir desta sexta-feira, 12, uma delegacia plantonista, com delegado, escrivães e agentes de polícia, funcionará entre os dias 12 e 17 de fevereiro. “O povoado Lagoa Redonda, que recebe um grande fluxo de turistas, contará com uma equipe exclusiva de policiais, para garantir a segurança na localidade”, salientou.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais