Noite tranquila para o Samu

0

Na Vila Chapéu de Couro, o único agito até agora é a animação do público. Nas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), reina a mais absoluta calma. Segundo o médico Marcos Lima somente um caso foi registrado: uma dançarina da banda Cavaleiros do Forró sentiu-se mal. O Samu disponibilizou para o evento duas ambulâncias, dois médicos, dois enfermeiros e dois técnicos em enfermagem para qualquer eventualidade.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais