Parada LGBT de Sergipe terá formato digital para evitar aglomerações

0
Parada LGBT de Sergipe será digital em 2020 (Foto: divulgação)

A Parada LGBT de Sergipe ganhou um novo formato este ano por causa da pandemia da Covid-19. O evento acontecerá no dia 30 de agosto, a partir das 15h, mas no formato digital para evitar aglomerações.

“Entendemos que saúde é o mais importante e que não dá para juntar 70 mil pessoas em um evento. Por isso, criamos um canal no Youtube e criamos uma programação com drags, transformistas e representantes dos movimentos LGBT de Sergipe. Será uma parada diferente e digital”, comenta Marcelo Lima, presidente da Adhones e um dos organizadores do evento.

Este ano, o tema da Parada LGBT de Sergipe é ‘Com ou sem pandemia, dê um lockdown em seu preconceito’. “A gente entende que é preciso acabar com o preconceito. Recentemente, houve a morte de uma transexual em Canindé. A gente fala tanto sobre o assunto, sobre a necessidade de acabar com o preconceito, mas transexuais e travestis continuam sendo vítimas de assassinato. Infelizmente, os números não mudam”, comenta.

Ainda segundo Marcelo, o evento contará a história do movimento LGBT e da Parada em Sergipe. “Vou falar sobre a trajetória do movimento LGBT de Sergipe, a história das ONGs e também uma retrospectiva de todas as versões da parada”, conta.

A 19ª Parada LGBT de Sergipe está marcada para o dia 30 de agosto, a partir das 15h, com transmissão pelo canal Astra LGBT no Youtube.

Por Verlane Estácio

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais