Sala 3D já recebeu mais de 7 mil pessoas

0

Sala 3D terá até cinco sessões diárias com lançamentos da semana (Foto: Portal Infonet)
Antes mesmo de completar um mês de instalada, e com três filmes exibidos até então, a sala com projeção 3D do Cinemark Riomar já recebeu mais de sete mil pessoas.  O número justifica por si o quanto há demanda pela nova tecnologia e, de acordo com a gerente de marketing da rede, Maricy Leal, tornou-se para os cinemas um caminho sem volta.

Os cinéfilos aracajuanos já reivindicavam a novidade há algum tempo. A expectativa aumentava a cada novo lançamento, mas cada negativa da empresa causava certa frustração. Maricy revela que nenhuma data havia sido traçada por questões alheias aos interesses da rede de cinemas.

“Em todo o mudo houve uma demanda alta pela tecnologia, o que causou atraso nas entregas dos equipamentos – tela, projetor etc. Não havia uma ordem para instalação, porque nós esperávamos que os aparelhos chegassem. Só há dois meses é que o material para Aracaju chegou, mas não podíamos adiantar nada sem ter certeza de que tudo funcionaria”, diz.

Maricy Leal diz que tecnologia é um caminho sem volta (Foto: Arquivo Pessoal)
A estréia ocorreu com a edição especial de ‘Avatar’ e o lançamento ‘Garfield 3D – Uma História Animal’. A escolha pela unidade do Shopping Riomar se deu por conta de uma negociação direta com a administração do empreendimento e porque o espaço já atendia a alguns requisitos.

Ainda não há prazo para a instalação da sala no multiplex do Shopping Jardins, entretanto a possibilidade não foi afastada. “A tecnologia 3D é uma tendência, por isso nossa intenção é instalar a sala em todos os cinemas, mas há um cronograma a ser seguido e que muitas vezes não depende unicamente da nossa vontade. Antes nós só tínhamos as salas em São Paulo, hoje temos em praticamente todos os cinemas pelo menos uma sala”, explica.

Filmes

Somente para a Sala 3D já foram mais de sete mil pessoas (Foto: Portal Infonet)
Para a programação da sala serão ofertados pelo menos dois filmes lançados durante a semana, sendo que um voltado ao público infantil, geralmente pela manhã, e outro para o público jovem/adulto, em sessões noturnas. Serão de quatro a cinco por exibições por dia.

O número de espectadores registrados até o momento, segundo a diretora, atesta que os filmes 3D caíram no gosto do público. “As salas desse tipo sempre tem ocupação maior que a sala tradicional. Se há o mesmo filme nas duas opções as pessoas preferem a versão 3D, principalmente as crianças”, reforça Maricy Leal.

 

Por Diógenes de Souza e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais