SAMU é exemplo em eficiência no atendimento aos foliões do Pré-Caju 2005

0

Até o início dos festejos deste segundo dia de Pré-Caju, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU havia atendido mais de 70 ocorrências. Desse total, 80% dos casos receberam alta hospitalar na própria instalação, localizada nas dependências do Vasco Esporte Clube. Os casos mais graves, como luxações, fraturas e traumatismos foram direcionadas ao Hospital Governador João Alves Filho (HGJAF).

 

Para atender a demanda, foram acionadas quatro viaturas a serem deslocadas para três pontos estratégicos da festa, uma delas na saída dos blocos, outra na Orlinha do bairro Industrial e outra no próprio bairro Industrial. Cada viatura consta de uma equipe básica formada por um auxiliar de enfermagem e um condutor.

 

O mini-hospital adaptado para atender aos foliões é composto por dez leitos para atendimentos mais simples e dois leitos de UTI para casos mais graves. Estes, por sua vez, é assessorado por dois médicos, um enfermeiro, um auxiliar de enfermagem, sete condutores e seis estagiários.

 

“Tentaremos prestar atendimentos precisos em meio aos blocos, já que é grande a incidência de casos oriundos do alcoolismo. Além disso, todos os coordenadores do núcleo estarão atentos a qualquer eventualidade”, destacou o coordenador do Núcleo de Educação do SAMU, Fábio Alves, que estima atingir neste Pré-Caju resultados tão satisfatórios quanto os que foram atingidos no ano passado. “Confirmamos quase o total de resolutibilidade no Pré-Caju passado e esse ano tudo indica que manteremos tamanha eficiência”, concluiu.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais