Secretário fala sobre a Lei do Livro e Leitura

0

Lei apoiará programas de incentivo à literatura
Nesta terça-feira, 7, o secretário de Estado da Cultura, Luiz Alberto dos Santos, fez uma explanação sobre a Lei do Livro e Leitura, que foi aprovada em março, na Assembléia Legislativa de Sergipe e sancionada pelo governador Marcelo Déda.

A Lei que tem o objetivo fomentar o desenvolvimento cultural, a criação artística e literária, reconhece o livro como instrumento para a formação educacional, social e manifestação social do Estado. E ainda, pretende apoiar programas de incentivo à literatura desenvolvida pelo Estado e municípios, além do estímulo à produção editorial sergipana e seus autores.

Na opinião do secretário de Estado da Cultura, Luiz Alberto dos Santos, a lei representa uma mudança radical na política do livro e da leitura em Sergipe. “Toda lei está relacionada à cadeia produtiva do livro. Desde o escritor, passando pelas editoras, gráficas, bibliotecas até chegar ao consumidor, que é o leitor” explicou o secretário.

Luiz Alberto ressaltou ainda que o Governo do Estado, por meio das Secretárias de Educação e Cultura, atuarão através de mecanismos para facilitar a distribuição e incentivo à produção literária e editorial em Sergipe. Desta forma, pretende-se facilitar a implantação de feiras, bienais, e também a discussão sobre os locais destinados aos livros.

Com informações da Secretaria Estadual de Cultura

Comentários