Sergipe receberá primeira reunião itinerante da CNIC

0

Eloísa Galdino(Foto:Ascom/Secut)
Aracaju será o primeiro destino da reunião itinerante da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC). Antes limitados à capital federal, os encontros passam a percorrer o Brasil a partir de abril, mês em que Sergipe receberá secretários e dirigentes culturais de todo o país com a finalidade de debater as políticas públicas desenvolvidas na área.

O anúncio de que Aracaju seria a primeira cidade a sediar o encontro itinerante da Comissão foi feito pela ministra da Cultura, Ana de Hollanda, na manhã desta terça-feira, 8, na abertura da 184ª Reunião da CNIC, em Brasília. Representa Sergipe neste evento a secretária de Estado da Cultura de Sergipe e presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes da Cultura, Eloisa Galdino, junto à diretora de Integração e Projetos Culturais da Secult, Kadydja Albuquerque.

Responsável por viabilizar a reunião na capital sergipana, Eloísa Galdino associa a escolha ao novo momento que vive a cultura do Estado. “Essa reunião já estava programada para acontecer no Nordeste. Dos nove estados, Sergipe foi contemplado, e isso quer dizer muita coisa. Significa que, hoje, Sergipe tem um conjunto de projetos sólidos para desenvolver a área e isso está chamando a atenção dos atores da cultura de todo o país”, afirma.

Conceito democrático

Com a alternância dos locais das reuniões, o Ministério da Cultura (Minc) propõe conhecer melhor o que está acontecendo nos Estados e se aprofundar no que está sendo avaliado pela Comissão Esta reformulação se alinha ao conceito democrático de representatividade das regiões brasileiras, aplicado, também, na seleção dos integrantes da CNIC para o biênio 2011/2012.

A realização destes encontros fora do Distrito Federal agradou os membros da Comissão e é vista como uma conquista para a sociedade, como explica Eloísa Galdino. “Este é um desejo antigo da cúpula da CNIC, pois aproxima as pessoas que promovem cultura no país das realidades regionais, criando uma interação mais consistente e que gera ações positivas à cena cultural”.

Programação

A secretária Eloísa Galdino permanece em Brasília até a sexta-feira, 11, dia em que será encerrada 184ª Reunião da CNIC. Após participar da posse da nova comissão, a gestora participa de análises de projetos culturais e debate assuntos pertinentes às mais diversas linguagens da cultura brasileira.

Fonte: Secult

Comentários