Três unidades da Secult receberão reparos estruturais

0

Museu de Arte Sacra em Laranjeiras

O Conselho Estadual de Cultura (CEC) aprovou por unanimidade dois projetos propostos pela Secretaria de Estado da Cultura (Secult) na tarde de terça-feira, 5. Um projeto está ligado ao plano de reestruturação do Teatro Lourival Batista, já o outro à preservação das obras de artes do Museu de Arte Sacra e Museu Afro-brasileiro de Sergipe, ambos localizados em Laranjeiras. Ambom utilizarão recursos do Funcarte (Fundo de Desenvolvimento Cultural e Artístico).

A secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino, destaca que a manutenção estrutural nos espaços será de suma importância para que as unidades trabalhem ainda mais em prol da cultura sergipana. "Estes são espaços importantíssimos para a nossa cultura, tanto na área das artes cênicas, quanto na museologia. Por isso, mantê-los sempre em boas condições é um dever que nós estamos sempre buscando cumprir", observou.

Os projetos foram levados ao Conselho pelo diretor de Administração e Finanças da Secult, Iêdo Filho. Detalhando todo o plano, o diretor mostrou a preocupação da secretaria na preservação destas unidades tão importantes para a manutenção da história e da cultura sergipana. “Após a aprovação exitosa do Conselho, o próximo passo é dar início aos trâmites burocráticos para que os trabalhos sejam feitos o mais rápido possível”, explicou Iêdo.

Ações

Orçado em R$ 50 mil, aproximadamente, o projeto de reestruturação do Teatro Lourival Batista englobará vários espaços do local. Entre as medidas previstas na reforma estão: recuperação da cobertura, recuperação do forro de PVC, recuperação do forro de gesso do pavimento térreo, limpeza do reservatório de água, correção dos vazamentos das caixas d’água e instalação de uma bomba centrifuga. A empresa responsável pela obra será a Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas (Cehop).

Já nos museus de Laranjeiras, a preservação das obras de arte das duas unidades está orçada em cerca de R$ 15 mil. O projeto prevê a proteção das obras de arte, tanto do Museu de Arte Sacra quanto do Museu Afro-brasileiro de Sergipe.

Para o conselheiro, Luiz Fernando Sotero, as ações irão proporcionar maior comodidade ao público que visita o local. “No caso do Lourival Baptista, essas reformas darão melhores condições para um espaço que atende a uma vasta população de Aracaju. Com relação aos museus, acredito que as ações preventivas irão conservar ainda mais o acervo, o que é fundamental”, disse.

O conselheiro Antônio Amaral concorda com a opinião do colega e acrescenta que estes espaços são de suma importância para a comunidade sergipana. “São berços da nossa arte e da nossa cultura, por isso é tão importante conservá-los”, ressaltou.

Fonte e fotos: Secult

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais