Um casamento regado com amor e muita música

0

União regada com o autêntico forró pé-de-serra
Há nove anos Genaro e Walkiria, numa dessas brincadeiras do destino, se conheceram num estúdio de gravação em Recife (PE), e a partir daí passaram a formar uma das duplas de maior sucesso do Nordeste. Juntos eles já gravaram 22 trabalhos, entre CDs e Vinil. Momentos antes de se apresentar no palco Luiz Gonzaga, Genaro, que durante 11 anos integrou o Trio Nordestino juntamente com Coroné e Lindu, falou ao Portal Infonet.

PORTAL INFONET – Como surgiu a dupla?
GENARO – A dupla nasceu em estúdio. Walkiria cantava só e estava fazendo vocal com a irmã. Ficamos olhando um para o outro e, você sabe como é, entre um piscada de olho e outra e uma conversa nos bastidores, não deu outra. Um casamento que deu e está dando certo no amor e na música.

INFONET – E como é vida da dupla?
G – Costumo dizer que moramos dentro de um avião e passeamos por aí. Estamos sempre juntos em estúdio ou no palco. Se alguém pergunta onde moro, digo não sei.

INFONET – O que mais está presente em seus shows?
G – O autêntico forró pé-de-serra, a exemplo de Luiz Gonzaga, Dominguinhos e do Trio Nordestino, do qual fiz parte durante 11 anos.

INFONET – Você tem saudades da época do Trio?
G – Sinto falta de como era mostrado o São João. Mas temos a sorte de encontrar uma cidade como Aracaju que mostra o verdadeiro forró e não lambadas. Os forrós eram dessa forma no Trio Nordestino. Posso dizer que Aracaju é uma das poucas que fazem São João dessa forma. 

INFONET – E como é o show de Genaro & Walkiria?
G – Temos um repertório próprio com músicas dos nossos CDs e enxertamos com sucessos de outros artistas. Nosso repertório é eclético. Não podemos ficar preso apenas aos nossos trabalhos.

Por Ailton Sousa


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais